Banca de DEFESA: KAMILA ARAUJO DA SILVA BRUNIERE

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : KAMILA ARAUJO DA SILVA BRUNIERE
DATA : 23/03/2024
HORA: 14:00
LOCAL: Sala do Google Meet
TÍTULO:

LEITURA E RECEPÇÃO DO TEXTO LITERÁRIO: REPRESENTAÇÕES DO FEMININO EM NÃO PRESTA PRA NADA, DE MARTA COCCO.


PALAVRAS-CHAVES:

 Leitura; Recepção; Formação leitora; Feminino; Marta Cocco;


PÁGINAS: 82
RESUMO:

 O estudo foi desenvolvido na perspectiva da abordagem do conto como gênero literário, apresentado como meio de suprir a compreensão do próprio indivíduo, aliado a dinamicidade na leitura, fomentando o pensamento crítico advindo da análise do contexto histórico presente por trás da narrativa. Diante disso, a proposta corrobora com o processo de formação do leitor, em que o mediador do ensino deve proporcionar práticas que contemplem tal ação. Assim sendo, o trabalho tem como público alvo os professores de literatura, com propósito de contribuir em sua prática docente, além de alcançar leitores em geral. A partir da materialidade da escrita de Marta Cocco na obra “Não presta pra nada” (2016), a pesquisa faz referência à importância do gênero no processo de formação leitora e analisa o comportamento social em relação ao silenciamento histórico da mulher, bem como, essa busca mudar realidade a qual se insere. A fim de contemplar os objetivos propostos, como metodologia de trabalho, utilizou-se como subsídio teórico, a estética da recepção defendida por Jauss (1967), a partir de estudos, dentre outros, de Proença Filho (1996), Paulo Freire (1996), Bordini & Aguiar, (1989), Candido (2004), Regina Zilberman (2015), Bosi (2015), além de referencial sobre o protagonismo feminino na visão de Bourdieu (2005), Figueiredo (2020) Walker (2015), Wolf (2019), Coelho (1993), Beauvoir (1967), Nadaf (2004), Soares (2014), Kristeva (1989), entre outros. Dessa forma, analisa a partir da leitura da obra e com ênfase no leitor reflexivo, como a mulher é retratada nas narrativas. Ressalta as características desse gênero textual e faz analogia ao contexto histórico e atual que a mulher urbana vive no mundo cotidiano, relacionando-se à sua posição social. Direciona-se, por meio do estímulo à formação do leitor colaborar para minimizar o problema que envolve a falta de leitura, bem como cooperar para a superação das dificuldades que tem prejudicado o ensino e o acesso à leitura na sociedade em seus diversos níveis, em especial na sala de aula. Tem relevância à medida que contribui com os estudos relacionados ao processo de formação do leitor e a sua tomada de consciência, por meio das narrativas, do silenciamento feminino frente à sociedade patriarcal retratadas nas literaturas, mais especificamente, nos quatro contos selecionados. Estimula, portanto, à formação do leitor, e propõem o debate sobre a formação de profissionais da educação e os leitores em geral a fim de colaborar para a para minimizar o problema que envolve a falta de leitura, bem como cooperar para a superação das dificuldades que tem prejudicado o ensino e o acesso à leitura na sociedade em seus diversos níveis, em especial na sala de aula. Destaca o debate sobre a posição da mulher na sociedade patriarcal, enfatizando a posição de obediência e procriação em que elas eram destinadas, bem como evidenciar o papel histórico da mulher na literatura enquanto processo de autoria, debatendo todo o caminho percorrido pelas vozes femininas sufocadas por meio da violência física e moral, e como essas mulheres ainda em processo de lutas buscam romper o silenciamento por meio da literatura. Fomenta discussões em torno do modo em que as personagens femininas são silenciadas nas narrativas e, por sua vez, permanecem no estado de repressão dos contos escolhidos, aliados a análise crítica da imagem da mulher nas produções literárias, interseccionando com aspectos da realidade social da mulher cotidiana, utilizando as narrativas selecionadas como suporte para a discussão. 


MEMBROS DA BANCA:
Externo ao Programa - 133580001 - ADRIANA LINS PRECIOSO
Presidente - 131915001 - ALEXANDRE MARIOTTO BOTTON
Interno - 245039003 - SAMUEL LIMA DA SILVA
Notícia cadastrada em: 13/03/2024 15:32
SIGAA | Tecnologia da Informação da Unemat - TIU - (65) 3221-0000 | Copyright © 2006-2024 - UNEMAT - sig-application-01.applications.sig.oraclevcn.com.srv1inst1