Banca de QUALIFICAÇÃO: VICTOR HUGO DE OLIVEIRA HENRIQUE

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : VICTOR HUGO DE OLIVEIRA HENRIQUE
DATA : 29/04/2022
HORA: 09:00
LOCAL: ENSINO REMOTO EMERGENCIAL
TÍTULO:

EDUCAÇÃO AMBIENTAL E CIÊNCIAS AMBIENTAIS: UMA ANÁLISE DE TESES E DISSERTAÇÕES DE PROGRAMAS DE PÓS-GRADUAÇÃO INSERIDOS NO CONTEXTO DA AMAZÔNIA, CERRADO E PANTANAL.


PALAVRAS-CHAVES:

Educação ambiental. Ciências ambientais. Estado da arte.


PÁGINAS: 85
RESUMO:

A presente pesquisa tem como objetivo investigar as relações entre a Educação Ambiental (EA) com a área de Ciências Ambientais (CACiAmb) em teses e dissertações que investigaram a temática ambiental e o processo educativo produzidas em programas de pós-graduação da área das Ciências Ambientais da CAPES inseridos nos Biomas Pantanal, Amazônia e Cerrado. Para alcançar esse objetivo, foi realizada uma pesquisa do tipo estado da arte. A identificação dos Programas foi feita por meio da plataforma Sucuipira, já as buscas pelos relatos de pesquisa foram feitas no Banco de Teses e Dissertações Brasileiras em Educação Ambiental (BT&D/EA) do Projeto EArte, pela Biblioteca Digital Brasileira de Teses e Dissertações (BDTD), pelo Catálogo de Teses e Dissertações da CAPES e por fim, foi feita uma busca nos sítios eletrônicos de cada programa, com intuito de refinar as buscas. A partir dos descritores “educação ambiental”, “diálogo dos saberes”, “percepção” e “etnoconhecimento” foram identificadas 528 pesquisas, após a leitura dos resumos foram selecionadas 485 teses e dissertações que realmente problematizavam a temática ambiental e o processo educativo. Do total de 485 trabalhos, 110 foram descartados desta investigação por não terem suas versões completas disponíveis. Nesse sentido, foram selecionados para constituir o corpus documental desta tese 375 pesquisas. A interpretação dos dados se deu por meio da análise categorial. 53 teses de doutoramento e 322 são dissertações de mestrado, destas 219 são de mestrado acadêmico e 103 de mestrado profissional. Os estados com a maior produção foram Amazonas e Pará respectivamente. Quanto ao ano de publicação das referidas pesquisas, constatou-se que as mesmas foram defendidas nos períodos de 2002 a 2021. No que tange a dependência administrativa de onde os programas estão vinculados, houve uma predominância de instituições públicas, totalizando 326 relatos de pesquisa, divididos em 279 na esfera federal e 47 na esfera estadual e por fim, 49 produções oriundas de instituições privadas.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 83260001 - AUMERI CARLOS BAMPI
Interno - 61265003 - ANTONIO FRANCISCO MALHEIROS
Interno - 48690002 - SOLANGE KIMIE IKEDA CASTRILLON
Externo ao Programa - 262189003 - CAROLINE MARI DE OLIVEIRA
Externo à Instituição - CATARINA TEIXEIRA - UFTM
Externo à Instituição - Marcos Vinicius Meiado - UFS
Notícia cadastrada em: 12/04/2022 17:04
SIGAA | Tecnologia da Informação da Unemat - TIU - (65) 3221-0000 | Copyright © 2006-2022 - UNEMAT - sig-application-03.applications.sig.oraclevcn.com.srv3inst1