Banca de DEFESA: SANDRA FRANÇA MEIRA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : SANDRA FRANÇA MEIRA
DATA : 07/06/2021
HORA: 10:00
LOCAL: Campus de Tangará da Serra
TÍTULO:

AS PERSPECTIVAS DO NARRADOR E O FAZER LITERÁRIO EM: O BERRO DO CORDEIRO EM NOVA YORK DE TEREZA ALBUES


PALAVRAS-CHAVES:

Narrador, Multiperspectivas, técnica, pós-moderno, Tereza Albues.


PÁGINAS: 142
RESUMO:

Este estudo propõe uma leitura investigativa dos modos de articulação do narrador e o
fazer literário na obra O Berro do Cordeiro em Nova York da autora Tereza Albues.
Com o objetivo de compreender como a autora idealiza tecnicamente o foco narrativo
no projeto estético de sua obra, bem como os recursos linguísticos e da forma, que a
autora lança mão para que esse narrador subverta as classificações limitantes da
teoria, se desmembrando em múltiplos narradores facetados partindo-se da abertura
de perspectivas. Observamos ainda, como à narradora, escritora e protagonista da
obra, ao longo da narrativa por meio de sua escrita criativa, tece reflexões sobre sua
vida buscando resolver os conflitos internos e ainda, inquire sobre a técnica
metalinguística, metaficção e outras características que nos permitem estabelecer um
diálogo sobre o posicionamento do narrador no romance pós-moderno. A metodologia
adotada neste estudo foi à revisão bibliográfica. Para fundamentar nossas
considerações reflexivas recorremos várias bases teóricas, filosóficas e de críticas que
se ocupam do estudo da matéria literária e ajudam-nos a pensar e a ampliar nossas
percepções a respeito da tessitura do texto: as diferentes perspectivas da voz
narrativa, a linguagem, a forma, o contexto pós-moderno etc. Entre os quais podemos
citar: Jean François Lyotard, Anatol Rosenfeld, Walter Benjamin, Frederic Jameson,
Zygmunt Bauman, Gilles Deleuze, Linda Hutcheon, Theodor Ludwig Wiesengrund
Adorno, Davi Arrigucci Júnior, Maurice Blanchot, Mikhail Bakhtin, Pierre Bourdieu,
Jacques Derrida, Umberto Eco, Norman Friedman, Lucien Goldmann, György Lukács,
Percy Lubbock, Leyla Moisés Perrone, Jean Pouillon, Silviano Santiago, Oscar Tacca,
entre outros. E assim, foi possível estabelecer relações entre as teorias lidas e o
objeto de estudo analisado. Como resultado pudemos comprovar a qualidade estética
da obra O Berro do Cordeiro em Nova York, que ao eleger como protagonista uma
personagem feminina, que se multiplica em vozes e perspectivas moduladas pelos
artifícios do literário, coloca o narrador em uma posição inquisitiva acerca do próprio
papel que ocupa nas páginas ficcionais no romance. Posição essa que instiga o leitor
a dialogar e participar ativamente do processo produtivo da obra. À medida que a
personagem narradora externa seu caos interior, toca também o universo do outro,
pois suas inquietações e angústias são também as do homem, independente de
tempo e espaço que se insere.


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 131915001 - ALEXANDRE MARIOTTO BOTTON
Presidente - 82363001 - MADALENA APARECIDA MACHADO
Externo à Instituição - MARISA MARTINS GAMA-KHALIL - UFU
Notícia cadastrada em: 12/05/2021 08:41
SIGAA | Tecnologia da Informação da Unemat - TIU - (65) 3221-0000 | Copyright © 2006-2022 - UNEMAT - sig-application-03.applications.sig.oraclevcn.com.srv3inst1