Banca de QUALIFICAÇÃO: JULIANA SOBREIRA ARGUELHO

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : JULIANA SOBREIRA ARGUELHO
DATA : 31/03/2021
HORA: 08:00
LOCAL: Laboratório de Ecologia - Câmpus II (Alta Floresta)
TÍTULO:

Espécies de restauração suportarão as mudanças climáticas na Transição Cerrado-Amazônia?


PALAVRAS-CHAVES:

Década da Restauração, ecologia aplicada, modelagem de distribuição de espécies, restauração ecológica


PÁGINAS: 149
RESUMO:

Ecótonos são muitas vezes negligenciados pelas políticas de conservação e restauração, mesmo apresentando alta diversidade, novidades evolutivas e espécies endêmicas. Investigações sobre a transição Cerrado-Amazônia demonstram que a sua vegetação é responsiva a variáveis climáticas, como temperatura e precipitação. Para verificarmos se espécies utilizadas na restauração ecológica encontrarão áreas adequadas ao longo dessa transição, modelamos a distribuição potencial dessas espécies, projetando essa distribuição para o clima atual e para o clima futuro (2070). Utilizamos oito algoritmos de modelagem, três modelos climáticos globais (GCMs) e selecionamos modelos com base no True Skill Statistic (TSS). Nossos resultados indicaram 15 espécies como mais promissoras para a restauração na transição Cerrado-Amazônia no longo prazo, ou seja, considerando a influência das mudanças climáticas antropogênicas sobre a distribuição potencial das espécies. Aproximadamente 66% das espécies modeladas apresentaram mapas de adequabilidade climática com redução significativa para o futuro.


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 255123001 - ALEXANDRE DE AZEVEDO OLIVAL
Externo à Instituição - LETICIA COUTO GARCIA - UFMS
Notícia cadastrada em: 22/03/2021 08:16
SIGAA | Tecnologia da Informação da Unemat - TIU - (65) 3221-0000 | Copyright © 2006-2022 - UNEMAT - sig-application-04.applications.sig.oraclevcn.com.srv4inst1