Banca de QUALIFICAÇÃO: Daniela Modesto Vicentin

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : Daniela Modesto Vicentin
DATA : 28/05/2020
HORA: 14:00
LOCAL: Universidade do Estado de Mato Grosso - Barra do Bugres
TÍTULO:

TECNOLOGIAS DIGITAIS NO ENSINO DA MATEMÁTICA E AVALIAÇÕES EM LARGA ESCALA: ALGUMAS (DES) CONEXÕES


PALAVRAS-CHAVES:

SAEB. Mídias digitais. Tecnologias educacionais. Educação matemática.


PÁGINAS: 90
RESUMO:

O objetivo dessa pesquisa foi verificar as possíveis conexões e desconexões entre uso das tecnologias digitais e o resultado das avaliações de larga escala em quatro escolas públicas estaduais (duas centrais e duas periféricas) no município de Sinop MT no período de 2011 a 2018. Fizemos um levantamento se foram realizadas atividades com o uso de tecnologias digitais na disciplina de Matemática em função dos resultados obtidos pelas escolas no IDEB. Desse modo, a pergunta norteadora é: como se relaciona o uso das tecnologias digitais nos processos de ensino e aprendizagem de Matemática com a evolução do índice do IDEB nas escolas públicas de Sinop MT? A metodologia empregada foi a abordagem qualitativa de pesquisa e os procedimentos para produção de dados foram: entrevista, observação participante e documentos prescritivos das unidades escolares, tais como, projeto político pedagógico, plano de ação, prestação de contas, projeto da sala do educador e plano de aulas dos professores. Para a análise dos dados utilizamos a Teoria Fundamentada nos Dados - TFD que nos permitiu a identificação e codificação de incidentes, códigos e categorias com suas propriedades e dimensões. Também utilizamos a triangulação de dados visando maior confiabilidade nos resultados. A partir do uso da TFD identificamos duas categorias, Procedimentos Pedagógicos e Estrutura Física. A categoria Estrutura Física ainda se encontra em processo de análise para melhor identificação de suas propriedades. Na categoria Procedimentos Pedagógicos identificamos duas propriedades: Avaliações e Tipos de Uso. Identificamos a partir destas, a existência de vários problemas relacionados a aplicação das avaliações em larga escala, tais como despreparo do aplicador, dificuldades em relação ao transporte escolar, participação dos alunos na realização da avaliação, que impactam de forma direta nos resultados. Também ficou evidenciado a falta de técnicos de informática, o sucateamento e a não utilização dos laboratórios de informática e a falta de formação para os professores de como usar outras tecnologias digitais que não seja o computador. Há evidências da necessidade de formação para os professores para o uso do celular em sala de aula, já que identificamos que a maioria dos alunos já utiliza essa tecnologia, dentro e fora da sala de aula.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 122182002 - DAISE LAGO PEREIRA SOUTO
Externo ao Programa - 82417001 - MIGUEL TADAYUKI KOGA
Externo à Instituição - CLAUDINEI DE CAMARGO SANT'ANA - UESB
Notícia cadastrada em: 23/05/2020 09:10
SIGAA | Tecnologia da Informação da Unemat - TIU - (65) 3221-0000 | Copyright © 2006-2022 - UNEMAT - sig-application-03.applications.sig.oraclevcn.com.srv3inst1