Banca de DEFESA: JACINAILA LOURIANA FERREIRA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : JACINAILA LOURIANA FERREIRA
DATA : 05/04/2021
HORA: 14:00
LOCAL: Sala virtual remota
TÍTULO:

QUARTO DE DESPEJO: TEMÁTICAS ATEMPORAIS PARA SALA DE AULA


PALAVRAS-CHAVES:

Carolina Maria de Jesus; Leitura; Fotografia; Letramento literário.


PÁGINAS: 203
RESUMO:

O presente projeto foi desenvolvido com uma turma do nono ano do Ensino Fundamental da Escola Estadual Professora Zeni Vieira, localizada na cidade de Sinop/MT. A instituição funciona nos períodos diurnos e trabalha com alunos do sexto ao nono ano do Ensino Fundamental, conta atualmente com um público de mais de mil estudantes, vindos de bairros e chácaras, distribuídos nos dois períodos. Objetivou-se trabalhar temas da literatura, considerando aspectos sociais e do cotidiano do alunado. Para isso, foi trabalhada a obra Quarto de despejo: Diário de uma favelada, de Carolina Maria de Jesus, como referência para a construção de sentidos na produção textual e valorização do contexto em que cada aluno se insere. Alguns dos referenciais teóricos usados no embasamento foram Thiollent (2011), Cosson (2016), Rojo (2009), Coscarelli (2012), Jesus (1994), Solé (1998), Fernandez (2018), entre outros. Considerou-se como essencial para a realização da pesquisa, o contexto atual em que se valoriza a imagem, propõe-se então, um trabalho com fotografias do dia a dia dos alunos, para mostrar aspectos dos textos não verbais na construção dos significados, a partir de temáticas atemporais presentes no livro, entre elas temos, preconceitos, desigualdade social, fome, miséria, denúncia social, relacionamentos, a importância da água, a visão da natureza, os sentimentos demonstrados, leitura e escrita, pobreza, custo de vida e religiosidade. Assim como o texto verbal, a imagem constitui-se em discurso. Mostra-se ainda o que prevê os documentos oficiais sobre o ensino da literatura afro-brasileira nas escolas. A pesquisa pauta-se nos documentos que preconizam habilidades e competências referentes ao ensino, Base Nacional Comum Curricular (BNCC), (BRASIL, 2017) e Documentos de Referência Curricular do estado de Mato Grosso (DRC/MT), (MATO GROSSO, 2018). Para referenciação teórica, além dos autores citados, tomou-se como base os pressupostos teóricos dos pesquisadores Tzvetan Todorov (2009), Cosson (2014), Candido (2011), Jouve (2012), Colomer (2007), Vieira (2009), entre outros. A escolha desta temática se deu pela necessidade de se trabalhar a leitura literária nas escolas de forma mais abrangente e centralizada. Pode-se compreender que o ensino da literatura deve ser centralizado como forma de transformação social e de apreensão das demais áreas de conhecimento, uma vez que, por meio do contato com a cultura acontece um despertar para os contextos presentes no cotidiano da comunidade escolar, considera-se como parte essencial da pesquisa despertar o hábito de ler e promover o letramento literário por meio da leitura e da interpretação aliada ao gênero diário em uma perspectiva verbal e imagética.


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 29189002 - ANTONIO APARECIDO MANTOVANI
Presidente - 54001002 - GENIVALDO RODRIGUES SOBRINHO
Externo à Instituição - JULIANA PRIMI - USP
Interno - 131982001 - ROSANA RODRIGUES DA SILVA
Externo à Instituição - ÉRICA ANTUNES PEREIRA - USP
Notícia cadastrada em: 25/02/2021 09:52
SIGAA | Tecnologia da Informação da Unemat - TIU - (65) 3221-0000 | Copyright © 2006-2022 - UNEMAT - sig-application-01.applications.sig.oraclevcn.com.srv1inst1