Banca de QUALIFICAÇÃO: MANASSÉS DA SILVA BORGES

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : MANASSÉS DA SILVA BORGES
DATA : 31/03/2022
HORA: 14:00
LOCAL: PPG Ecologia e Conservação - videoconferência
TÍTULO:

Evolução molecular e macroecologia do gênero Eptesicus (Chiroptera:Vespertilionidae)


PALAVRAS-CHAVES:

dispersão, distribuição geográfica, genoma mitocondrial, Mammalia, nicho climático, taxas de substituição.


PÁGINAS: 46
RESUMO:

Dados moleculares constituem, atualmente, a fonte mais importante de informações para reconstruir a história evolutiva de diferentes organismos. As relações filogenéticas reconstruídas a partir de dados genéticos podem contribuir profundamente para aprimorar a inferência de padrões macroecológicos e biogeográficos, provendo as informações necessárias para testes de hipóteses robustos utilizando métodos de biologia comparada. Este trabalho contemplou dois objetivos principais: 1) investigar as taxas de evolução molecular do genoma mitocondrial da família Vespertilionidae e, 2) inferir padrões macroecológicos de evolução das áreas de distribuição e nicho climático de espécies do gênero Eptesicus, utilizando as taxas inferidas anteriormente para calibrar uma filogenia do gênero. No primeiro capítulo, descrevemos osgenomas mitocondriais completos de quatro espécies de Eptesicus: Eptesicus brasiliensis,Eptesicus diminutus,Eptesicus furinalise Eptesicus nilssonii.Além disso, inferimos as taxas de evolução molecular do genoma mitocondrial de Vespertilionidae utilizando análises filogenéticas Bayesianas calibradas com fósseis. No segundo capítulo, estudamos a relação entre as características morfológicas das espécies de Eptesicus(como indicativos da capacidade de dispersão) e a evolução de suas áreas de distribuição (range size) e nicho climático utilizando uma perspectiva filogeneticamente informada. Frente às alterações climáticas de origem antrópica que o planeta vem sofrendo, diferentes espécies enfrentam e respondem a tais mudanças de maneiras distintas; uma destas estratégias é se dispersando para regiões mais adequadas climaticamente. Diante disso, investigar como os padrões de evolução do nicho climático influenciam os atuais padrões de distribuição geográfica de um clado cosmopolita, como é o caso do gênero Eptesicus, e levando em consideração também o efeito conjunto da capacidade de dispersão, pode fornecer indícios de quais características mais influenciarão a ecologia destas espécies no futuro.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 005.506.021-86 - FABRÍCIUS MAIA CHAVES BICALHO DOMINGOS - NENHUMA
Externo à Instituição - JUAN PABLO ZURANO - UFPB
Notícia cadastrada em: 30/03/2022 08:24
SIGAA | Tecnologia da Informação da Unemat - TIU - (65) 3221-0000 | Copyright © 2006-2022 - UNEMAT - sig-application-04.applications.sig.oraclevcn.com.srv4inst1