Banca de QUALIFICAÇÃO: SEIXAS REZENDE OLIVEIRA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : SEIXAS REZENDE OLIVEIRA
DATA : 26/05/2021
HORA: 08:00
LOCAL: webconferência
TÍTULO:

Anuros do Cerrado: uma perspectiva geral


PALAVRAS-CHAVES:

Distribuição, Macroecologia, Biogeografia, História natural, Conservação


PÁGINAS: 45
RESUMO:

As mudanças antropogênicas vêm ocasionando diversos danos irreparáveis ao Cerrado, que é considerado um dos hotspots globais de biodiversidade. Essas mudanças são apontadas como os principais responsáveis por uma série de impactos. Dentre a alta biodiversidade de espécies que ocorrem no Cerrado destaca-se os anfíbios anuros, pois apresentam uma elevada riqueza, grande grau de endemismo e tratma-se de animais com grandes especificidades de habitats, por isso são considerado o grupo de vertebrados mais ameaçado do planeta.  Entender como os anuros se distribuem ao longo do espaço e do tempo é de extrema importância para a conservação das espécies, pois o conhecimento acerca destes padrões e é uma ótima ferramenta conservacionista. Neste sentido atualizamos a lista de espécies existente de anuros no Cerrado, utilizando abordagens macroecológicas e biogeográficas junto a informações sobre traços de história natural e condições de conservação das espécies. Nós registramos 306 espécies de anuros distribuidas em 17 familias, com 25% de endemismo para o bioma.  Adicionamos 107 espécies de anuros a lista do Cerrado, uma vez que 68 espécies tiveram as suas respectivas distribuições geográficas expandidas, enquanto 39 foram descritas para o Cerrado. As descrições de espécies de anuros, se concentram principalmente na porção central deste domínio e, em menor densidade, na porção sul, equanto a ampliação de distribuição geográfica dos anuros ocorreram em diversas localidades, porém, estes se concentraram em maior densidade na porção sudoeste deste domínio. Das espécies de anuros do Cerrado, 268 tem cantos de anúncio descritos em literatura, enquanto 210 espécies têm seus girinos conhecidos pela ciência, o tamanho corporal das espécies variou de 11,5 a 250 mm (50,37 ± 36,6 mm) e apresentaram um menor tamanho corporal ao se comparar as outras listas. Ao avaliar os status de conservação das espécies, observamos que 189 são classificadas como LC, 50 espécies como DD, 2 espécies são classificadas como NT e apenas 5 espécies são consideradas ameaçadas de extinção, 1 EN e 4 espécies CR. Das espécies encontradas para o Cerrado, 232 são encontradas na rede de áreas protegidas, porém 66 espécies são registradas em apenas uma área protegida e apenas 38 espécies deficientes de dados e 3 ameaçadas de extinção são encontradas na rede de áreas protegidas. Com nossos resultados foi possível identificar os padrões de registros de distribuição das espécies para o Cerrado e auxiliar nas medidas conservacionistas que precisam urgentemente serem implantadas para que ocorra a manutenção das espécies existentes e permitam a descrição de novas.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 014.459.411-04 - ALESSANDRO RIBEIRO DE MORAIS - UFG
Externo à Instituição - MATHEUS DE SOUZA LIMA RIBEIRO - UFJ
Externo à Instituição - ROGÉRIO PEREIRA BASTOS - UFG
Externo à Instituição - WILIAN VAZ-SILVA - PUC/GO
Notícia cadastrada em: 31/05/2021 18:58
SIGAA | Tecnologia da Informação da Unemat - TIU - (65) 3221-0000 | Copyright © 2006-2022 - UNEMAT - sig-application-04.applications.sig.oraclevcn.com.srv4inst1