Banca de DEFESA: KARLA MONIQUE SILVA CARNEIRO

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : KARLA MONIQUE SILVA CARNEIRO
DATA : 28/02/2020
HORA: 14:00
LOCAL: Sala da Pós Graduação Unemat - Nova Xavantina
TÍTULO:

 

EFEITO DE FORMIGAS NO AUMENTO REPRODUTIVO DE ESPÉCIES DE PLANTAS MIRMECÓFILAS


PALAVRAS-CHAVES:

Ancistrotropis firmula, Bionia coriacea, Camponotus crassus, Cochlospermum regium, néctar extrafloral, Peixotoa tomentosa 


PÁGINAS: 27
RESUMO:

Nas interações entre plantas e formigas, as plantas fornecem néctar extrafloral como recurso alimentar para as formigas e estas atuam na proteção das plantas contra herbívoros. Uma questão pouco explorada em estudos com formigas é a distribuição espacial de formigas em partes de plantas; se existe um período de maior atividade das formigas; e qual o efeito das formigas na frutificação das plantas. Neste estudo, através de experimentos de exclusão de formigas, nós investigamos a influência destas na produção de botões florais, frutos e na taxa de frutos/botões de Ancistrotropis firmula, Bionia coriacea, Cochlospermum regium e Peixotoa tomentosa. Nestas plantas, a atividade dos nectários coincide com a fenologia da floração (Maio a Agosto), que ocorre durante a estação seca do Cerrado. Nós também registramos a distribuição espacial das formigas (em nectários extraflorais, folhas, flores, ramos, botões e frutos) para examinar seu padrão de distribuição ao longo do dia. Camponotus crassus foi a única espécie de formiga que visitou consistentemente as plantas. A formigas forrageavam na planta durante todo o dia, mas com acentuada segregação espacial, com visitas concentradas nos nectários extraflorais. As formigas raramente visitavam as estruturas reprodutivas, mesmo assim, a presença de formigas foi responsável pelo aumento da produção de botões e frutos. Na presença das formigas a taxa de frutos/botões aumentou em A. firmula, C. regium e P. tomentosa (43%, 54% e 21% respectivamente, em comparação com as plantas sem formigas). No entanto, em B. coriacea, a presença de formigas diminuiu em 11% a taxa de frutos/botões. Nós mostramos que as relações formiga-planta não podem ser generalizadas, mas em geral, as formigas beneficiam as plantas com aumentos na frutificação. Ainda, mostramos que presença de formigas durante todo o dia e ao longo do período reprodutivo das plantas se reflete em maiores taxas reprodutivas para estas últimas. Para concluir, nós relatamos duas novas espécies de plantas com nectários extraflorais, C. regium e V. firmula.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 132029001 - EDDIE LENZA DE OLIVEIRA
Externo ao Programa - 295695001 - FABIANO CORRÊA
Externo ao Programa - 200202003 - PAULO SERGIO MORANDI
Externo à Instituição - EDMAR ALMEIDA DE OLIVEIRA - UNEMAT
Externo à Instituição - MARCO TÚLIO RODRIGUES FURTADO - IPAM
Notícia cadastrada em: 04/03/2020 16:58
SIGAA | Tecnologia da Informação da Unemat - TIU - (65) 3221-0000 | Copyright © 2006-2022 - UNEMAT - sig-application-04.applications.sig.oraclevcn.com.srv4inst1