Banca de DEFESA: SUEIDE VILELA FERREIRA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : SUEIDE VILELA FERREIRA
DATA : 26/03/2021
HORA: 14:00
LOCAL: Universidade Federal de Mato Grosso - Campus Universitário do Araguaia (REMOTA)
TÍTULO:

O RIO ARAGUAIA ESTÁ PARA PEIXE?

AVALIAÇÃO DA PESCA BASEADA NA MODELAGEM ECOSSISTÊMICA


PALAVRAS-CHAVES:

Ecopath with Ecosim, ecossistema pesqueiro, estoque pesqueiro, sobrepesca, teia trófica.


PÁGINAS: 53
RESUMO:

Avaliar o ecossistema e simular o impacto do esforço da pesca foi o principal objetivo deste estudo. O modelo Ecopath with Ecosim e indicadores ecossistêmicos, foram as ferramentas para termos respostas às seguintes perguntas: (i) Em que condições de controle se encontra a teia trófica que contém as espécies-alvo da pesca no Alto rio Araguaia? (ii) Qual o efeito de um possível aumento da captura das espécies-alvo da pesca sobre a teia trófica? (iii) O que os indicadores ecossistêmicos dizem sobre a sustentabilidade da pesca no Alto rio Araguaia? Para responder essas perguntas, utilizou-se dados do desembarque pesqueiro para o trecho no Alto rio Araguaia entre 2013 e 2017. Os resultados foram: (i) O ecossistema tem uma dinâmica observada por conexões alimentares apontado no modelo trófico informando ser um ambiente maduro, com uma média resiliência. (ii) A simulação do aumento do esforço da pesca (cenários entre 2013 e 2023), mostrou a queda de biomassa dos peixes para os cenários futuros, comprometendo as espécies chaves: caranha e duas espécies de pintados, além de mostrar um indicativo de sobrepesca para espécies predadoras: pirarara e tucunaré. (iii) Os atuais indicadores apontam que a pressão de pesca exercida pelos pescadores é sustentável. Concluindo que, há uma a necessidade de dar atenção ao ecossistema pesqueiro devido à média resiliência, e que o monitoramento é importante para estabelecer os estoques pesqueiros, pois a redução de biomassa, afetará negativamente os serviços ecossistêmicos e econômico, mesmo sabendo que a pesca de pequena escala é sustentável, sendo um alerta para atuar no gerenciamento da pesca.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 068.877.126-28 - DILERMANDO PEREIRA LIMA JUNIOR - UEM
Interno - 005.506.021-86 - FABRÍCIUS MAIA CHAVES BICALHO DOMINGOS - NENHUMA
Externo à Instituição - FAGNER JUNIOR MACHADO DE OLIVEIRA - UEL
Externo à Instituição - JOÃO VITOR CAMPOS-SILVA - UFRN
Externo à Instituição - LUCIANO BENEDITO DE LIMA - UFG
Notícia cadastrada em: 05/04/2021 12:17
SIGAA | Tecnologia da Informação da Unemat - TIU - (65) 3221-0000 | Copyright © 2006-2022 - UNEMAT - sig-application-04.applications.sig.oraclevcn.com.srv4inst1