Dissertações/Teses

2022
Dissertações
1
  • TATIANE GOMES DE ALMEIDA
  • O IMPACTO DA DENGUE NO MATO GROSSO E SUAS RELAÇÕES AMBIENTAIS

  • Orientador : CLAUMIR CESAR MUNIZ
  • Data: 25/02/2022

  • Mostrar Resumo
  • A dengue é uma doença viral que tem como agente causador um vírus transmitido pelo mosquito Aedes aegypti, que utiliza a água, não necessariamente limpa, para se reproduzir. Essa doença se tornou um grave problema de saúde pública, devido à dificuldade de se controlar a propagação deste vetor. Assim, medidas alternativas precisam ser estudadas para combater a proliferação do mosquito. Essa pesquisa buscou identificar a relação entre os distintos graus de qualificação ambiental e a ocorrência do vetor A. aegypti; e identificar a relação da dinâmica das águas dos córregos urbanos com os períodos de infestação do vetor. Este é um estudo epidemiológico e descritivo da taxa de incidência e da mortalidade por dengue, procurando correlacionar com pluviosidade, Índice de Desenvolvimento Humano (IDH), Densidade Demográfica e o Índice de Sustentabilidade de Limpeza Urbana (ISLU). Também foram realizados experimentos de predação em condições laboratoriais utilizando três espécies de peixes (Moenkhausia dichroura, Astyanax asuncionensis e Aequidens plagiozanatus), em que larvas do A. aegypti foram ofertadas para as espécies para identificar se haveria predação; e, por fim, foi realizada a busca ativa pelo A. aegypti em três córregos urbanos da cidade de Cáceres. Nossos resultados mostraram que a incidência de dengue não apresentou relação significativa com a densidade demográfica (R²= 0,0025; p=0,56), porém apresentou relação com a pluviosidade (R²=0,0019; p<0,05). O mês de janeiro apresentou maior incidência (83,27/100 mil habitantes). Aequidens plagiozanatus atingiu 97,4% de predação e, Moenkhausia dichroura e Astyanax asuncionensis 64,52% e 54,92%, respectivamente. Ao comparar a capacidade predatória das espécies, Aequidens plagiozanatus foi aquela com maior predação (KW(2) = 19,40; p < 0,05) com 42,48% maior do que o Astyanax asuncionensis e 32,88% do que a Moenkhausia dichroura. A capacidade predatória dos três exemplares do Aequidens plagiozanatus comportamento semelhantes na capacidade predatória (F(0,05) = 3,76 < F = 5,14; p=0,08), predando 100% das larvas ofertadas. Ao introduzir o item alimentar macrófitas, o Aequidens plagiozanatus continuou a predar as larvas, chegando a 100% de predação. Ao comparar os quatro córregos apresentaram diferença nos níveis de degradação ambiental (F(0,05) = 3,24 < F = 7,87; p<0,05; dms= 9,32). O córrego de maior impacto foi o Canal do Renato, porém o Córrego Canal dos Fontes e Sangradouro não apresentaram diferença significante. O de menor impacto foi o José Bastos Foram capturados cinco vetores na forma adulta na foz do córrego Sangradouro as suas margens, além de 57 larvas nos estágios I, II, III e IV do A. aegypti. A dengue revelou picos epidêmicos com altas taxas de incidência em Mato Grosso, não apresentando relação com Densidade Demográfica, porém expressou relação significativa com a pluviosidade. As espécies de peixes nativas brasileiras apresentaram competência como predadoras de larvas do A. aegypti. No córrego urbano Sangradouro foram encontrados larvas e mosquito adultos do vetor transmissor da dengue.


  • Mostrar Abstract
  • : Dengue is a viral disease whose causative agent is a virus transmitted by the Aedes aegypti mosquito, which uses water, not necessarily clean, to reproduce. This disease has become a serious public health problem, due to the difficulty in controlling the spread of this vector. Thus, alternative measures need to be studied to combat mosquito proliferation. This research sought to identify the relationship between the different degrees of environmental qualification and the occurrence of the vector A. aegypti; and to identify the relationship between the water dynamics of urban streams and the periods of vector infestation.This is an epidemiological and descriptive study of the incidence rate and mortality from dengue, seeking to correlate with rainfall, Human Development Index (IDH), Demographic Density and the Urban Cleaning Sustainability Index (ISLU). Predation experiments were also carried out under laboratory conditions using three fish species (Moenkhausia dichroura, Astyanax asuncionensis and Aequidens plagiozanatus), in which A. aegypti larvae were offered to the species to identify whether there would be predation; and, finally, an active search for Aedes aegypti was carried out in three urban streams in the city of Cáceres. Dengue incidence did not show a significant relationship with population density (R²= 0.0025; p=0.56), but it was related to rainfall (R²=0.0019; p<0.05). The month of January had the highest incidence (83.27/100 thousand inhabitants). A. plagiozanatus reached 97.4% of predation, while M. diehroura and A. asuncionensis showed similar behavior, reaching 64.52% and 54.92% of predation, respectively. Five vectors were captured in adult form at the river mouth of the Sangradouro stream and its banks, as well as 57 larvae in stages I, II, III and IV of A. aegypti i. Dengue fever revealed epidemic peaks with high incidence rates in Mato Grosso, not showing any relationship with Demographic Density, but expressing a significant relationship with rainfall. The Brazilian native fish showed competence as predators of Aedes aegypti larvae. In the urban stream Sangradouro, adult larvae and mosquitoes of the vector that transmit dengue were found.

     

     
2
  • JEFFERSON DOS SANTOS FUNARO
  •  

    MÉDIO DA BACIA HIDROGRÁFICA DO CÓRREGO PIRAPUTANGAS, NO MUNICÍPIO DE CÁCERES - MT: USO DA TERRA E ALTERAÇÕES  AMBIENTAIS

  • Orientador : CELIA ALVES DE SOUZA
  • Data: 09/03/2022

  • Mostrar Resumo
  •  

    As formas de uso e ocupação contribuem com os processos de degradação ao meio ambiente, sobretudo aqueles voltados aos recursos hídricos O estudo teve como objetivo identificar as categorias de uso da terra e avaliar condições ambientais no canal fluvial no médio curso da bacia hidrográfica do córrego Piraputangas, no município de  Cáceres no estado de Mato Grosso. Procedimentos metodológicos: confecção do mapa de uso e cobertura do solo usando o ‘software’ ArcGis, utilizando a base de dados vetorial na escala de 1:250.000 do portal de downloads do IBGE, disponível na ementa geociências do site; entrevista informal e observação, aplicação do protocolo de Avaliação Rápida (Pars), foi aplicado em três seções transversais no médio curso da bacia hidrográfica o córrego Piraputanga. O uso e cobertura da terra do médio da bacia hidrográfica do córrego Piraputanga conforme o mapeamento está assim, distribuída:  áreas preservadas formações florestais (33,20%), Formação Savânica(10,08%),  Campo Alagado e Área Pantanosa (0,02%) e Formação Campestre (3,59%). As áreas com atividades antrópicas são: floresta plantada (0,10%), pastagem (51,99%), cana-de-açúcar (0,27%) e outras lavouras temporárias (0,66%). A seção I apresentou as melhores condições de preservação, foi avaliada como natural, obtendo 83 pontos.  Nas seções II e III foram registrados maiores alterações  nas características  do leito e o nível de impactos ambientais decorrentes das atividades antrópicas. Com as respectivas pontuações, seção II 47 pontos e seção III 50 pontos, considerado alterado. Os Protocolos de Avaliação Rápida de Rios (PAR) são eficazes para avaliar as condições dos sistemas hídricos superficiais.


  • Mostrar Abstract
  • Tipos de tradução

    Tradução de textos

     
     
     

    Texto de origem

     
     
     
    1695 / 5000
     
     

    Resultados de tradução

    The forms of use and occupation contribute to environmental degradation processes, especially those related to water resources. The study aimed to identify the categories of land use and assess environmental conditions in the river channel in the middle course of the Piraputangas stream hydrographic basin , in the municipality of Cáceres in the state of Mato Grosso. Methodological procedures: preparation of the land use and land cover map using the ArcGis software, using the vector database at a scale of 1:250,000 from the IBGE download portal, available on the site's geosciences menu; informal interview and observation, application of the Rapid Assessment protocol (Pars), was applied in three cross sections in the middle course of the hydrographic basin, the Piraputanga stream. The use and land cover of the middle of the Piraputanga stream hydrographic basin, according to the mapping, is distributed as follows: preserved areas, forest formations (33.20%), Savânica Formation (10.08%), Campo Alagado and Area Pantanosa (0, 02%) and Campestre Formation (3.59%). Areas with human activities are: planted forest (0.10%), pasture (51.99%), sugar cane (0.27%) and other temporary crops (0.66%). Section I presented the best preservation conditions, was evaluated as natural, obtaining 83 points. In sections II and III, major changes in the characteristics of the bed and the level of environmental impacts resulting from human activities were registered. With the respective scores, section II 47 points and section III 50 points, considered altered. Rapid River Assessment Protocols (PAR) are effective in assessing the conditions of surface water systems.
3
  • KARLA CAROLINE DOS SANTOS PEREIRA
  •  

    Plantas sagradas e Bem Viver: Um diálogo de saberes e fazeres com os Umbandistas da cidade de Cáceres, Mato Grosso, Brasil”


  • Data: 01/04/2022

  • Mostrar Resumo
  •  

    A relação do ser humano e as plantas oferecem inúmeras formas de uso e benefícios. Em religiões de matriz Afro-brasileiras apontam constante uso de plantas vinculado à prática de cura corporal e espiritual, conhecimentos adquiridos por intermédio da oralidade e espiritualidade. Esse estudo permeia o universo religioso da Umbanda e do Bem Viver, com intuito de compreender, entender a sua cosmovisão, sua transcendência, associado ao conhecimento tradicional dos lideres religiosos sobre os usos de plantas em rituais na perspectiva do Bem Viver. Dessa forma o estudo tem como objetivo geral conhecer e analisar a religião da Umbanda sob a perspectiva do Bem Viver e da etnobotânica. Foi realizado na cidade de Cáceres – Mato Grosso, Brasil, em três tendas religiosas: Caboclo Canavial, Centro de Umbanda Santa Bárbara e na Tenda de Umbanda Caboclo de Sete Flechas. Para a realização das etapas do estudo, contou-se com a aprovação do Comitê de Ética e Pesquisa CEP/UNEMAT e com o consentimento dos lideres religiosos. O estreitamento entre os sujeitos do estudo iniciou a partir do segundo semestre do ano de 2020, as entrevistas foram realizadas entre os meses de fevereiro a abril do ano de 2021. Metodologicamente realizou-se uma pesquisa descritiva de cunho quali-quantitativo com observação participante. A primeira abordagem do estudo foi realizada nas três tendas, com a finalidade de compreender a cosmovisão e a transcendência religiosa da Umbanda sob a perspectiva do Bem Viver. Utilizou-se o software IRaMuteQ ancorado no software estatístico R, para auxiliar na análise do conjunto textual dos dados coletados. Na segunda abordagem, o estudo foi realizado somente nas tendas Caboclo Canavial e Centro de Umbanda Santa Bárbara, com objetivo de analisar e compreender a etnobotânica dentro da religião da Umbanda sob a perspectiva do Bem Viver. Para a análise dos dados utilizou-se a estatística descritiva, registros fotográficos das plantas e matérias de apoio como a plataforma da Flora do Brasil 2020 e GIBF. Os resultados dos estudos demonstram a presença do Bem Viver dentro da religião, destacando-se as três supra dimensões e cinco dimensões específicas presentes na Matriz de Indicadores do Bem Viver. Na análise do material botânico das duas tendas, foram descritas 50 espécies de 33 famílias, quatros delas apresentaram maior destaque em riqueza: Lamiaceae (cinco espécies), Euphobiaceae (quatro espécies), e Asparagaceae (três espécies). De acordo com os entrevistados, as plantas foram categorizadas em uso ritualístico, medicinal e místico. Com essas duas abordagens, conclui-se que os Umbandistas têm um significado próprio do Bem Viver e as manifestações religiosas proporcionam o contato com o seu transcendente, percebe-se que conhecimento etnobotânico faz parte da cultura da religião, devido à relação dos integrantes com a natureza e com o mundo espiritual, conhecimentos transmitidos através da oralidade e da vivencia.


  • Mostrar Abstract
  • “Ethnobotanical study in religionsof Afro-Brazilian mothers in the city of Cáceres, Mato Grosso, from the perspective ofWell live”

4
  • Igor Neves de Oliveira
  •  

     

    A MÁ QUALIDADE DO AR NA REGIÃO CENTRO-NORTE DO BRASIL E SEU IMPACTO NA SAÚDE

     

     

  • Orientador : ELIANE IGNOTTI
  • Data: 20/04/2022

  • Mostrar Resumo
  • No Brasil, registros de focos de calor se intensificam ano após ano e municípios localizados nas partes central e norte apresentam as porções territoriais mais atingidas. Esses eventos emitem para a atmosfera partículas finas (PM2,5) que se depositam no trato respiratório e são facilmente absorvidas pelo nosso organismo, o que gera aumento no número de hospitalizações e mortes prematuras por doenças cardiopulmonares. Embora essa problemática ambiental seja similar a problemática enfrentada por grandes centros urbanos, a atenção sobre o impacto da exposição na saúde é mais direcionada para poluição urbana. Este trabalho objetiva através de dois capítulos, caracterizar a magnitude de exposição a má qualidade do ar decorrente da emissão de partículas finas (PM2,5) por queimadas e incêndios florestais e quantificar o seu impacto na saúde cardiopulmonar da região Centro-Norte, entre 2010-2019. Para caracterizar a exposição a má qualidade do ar, no primeiro capítulo propomos de acordo com o limite recomendado pela Organização Mundial de Saúde (OMS), a utilização de um indicador do tempo de exposição às concentrações inadequadas de PM2,5, nas regiões Amazônica e Centro-Oeste. O indicador se trata do número percentual de dias cujas concentrações excederam o limite de 15µg/m³. Verificou-se que maiores extensões territoriais com os maiores percentuais anuais de dias com qualidade inadequada do ar ocorreram em 2015. Entre todo o período analisado, os meses entre agosto e outubro são o de percentuais mensais mais elevados e que alcançam maior extensão territorial. O estado do Amazonas e a região conhecida como arco do desmatamento concentraram os dez municípios com os piores percentuais em toda a década. O indicador proposto é reprodutível e evidencia o tempo de exposição a má qualidade do ar. Nossa proposta demonstrou exposição a longos períodos de no mínimo três meses por mais de 20 milhões de habitantes. No segundo capítulo, para quantificar o impacto da exposição, estimamos o número e frações de morbimortalidades por doenças cardiopulmonares atribuíveis ao PM2,5, em sete municípios localizados na região Amazônica, sendo seis do arco do desmatamento. Frações atribuíveis de internações cardiopulmonares foram estimadas a partir de um procedimento em três estágios e para estimativas de mortalidade cardiopulmonar, seguiu-se a orientação metodológica da Organização Mundial de Saúde. Atribuiu-se à exposição, 1348 internações (1,1%), 3642 (12%) óbitos, ambos por doenças cardiopulmonares e 321 (17%) óbitos por câncer de pulmão. Porto Velho-RO teve as maiores frações atribuíveis para os três desfechos selecionados. Devido a elevadas concentrações de PM2,5 provenientes da queima de biomassa, municípios da região Amazônica possuem maiores estimativas de frações atribuíveis para desfechos de morbimortalidades cardíacas e pulmonares, comparadas a cidades da região sudeste onde a exposição a esse poluente é mais moderada. Os achados desta dissertação demonstram que a exposição aos poluentes emitidos por queimadas e incêndios florestais na região Centro-Norte do Brasil, geram prejuízos à saúde que merecem ser olhados com mais atenção, sobretudo pelas esferas governamentais, priorizando esforços políticos, com recursos e ações que vise reduzir os longos períodos de exposição à má qualidade do ar e a tomada das melhores medidas de proteção à saúde dos habitantes da Amazônia e Centro-Oeste.


  • Mostrar Abstract
  • Exposure of the population residing in the Brazilian Amazon to the poor quality ofatmospheric air

5
  • ANA CAMILLA IGNACIO DOS SANTOS
  • IMPACTOS CAUSADOS POR AGENTES PATOGÊNICOS DE CÃES DOMÉSTICOS NA ESPÉCIE SILVESTRE Cerdocyon thous (Linnaeus, 1766) (CARNIVORA, CANIDAE) NA ESTAÇÃO ECOLÓGICA DE SERRA DAS ARARAS E SEU ENTORNO

  • Orientador : ANTONIO FRANCISCO MALHEIROS
  • Data: 09/05/2022

  • Mostrar Resumo
  •  

    Cerdocyon thous (Linnaeus, 1766) é difundida em grande parte do território sul americano, no Brasil seu registro acontece em grande parte, com pouca ocorrência na Amazônia. É uma espécie comum no bioma Cerrado, uma vez que ela se adapta em ambientes antropizados e periurbanos. Áreas antropogênicas aproximam as populações de animais silvestres com as domésticas, permitindo a veiculação de parasitos. O objetivo do estudo foi avaliar a prevalência de parasitos intestinais nas populações de canídeos domésticos e silvestres, assim como a possibilidade de contaminação cruzada. Para a captura do Cerdocyon thous foram instaladas 10 armadilhas do tipo Tomahawk dobráveis, com as dimensões de 115 x 55 x 60. Como isca foi utilizado pedaços de frangos acomodados no fundo das armadilhas, depois de capturados os animais foram seguramente sedados para a coleta de material biológico. Em relação aos cães domésticos foi aplicado aos donos dos animais um questionário referente aos hábitos de vida dos mesmos e as coletas de material biológico foram realizadas sem a necessidade de sedação. As amostras foram devidamente acondicionadas e mantidas em refrigeração até posterior análise em laboratório. Os resultados obtidos nas amostras de fezes, segundo Hoffman (1934) foram positivos para vários parasitos nos cães domésticos com frequência de ocorrência para Blastocystis sp. de 60%, Trichuris vulpis 10%, Dipylidium caninum 10%, Ancilostomídeo 20%, Giardia lamblia 20% e Sarcocystis sp. 20%. Para os C. thous foram encontrados com a frequência de ocorrência de ovos de ácaro 28,57%, Ancilostomídeo 42,85%, Blastocystis sp. 28,57%, Trichuris vulpis 14,28%. Com a Técnica de FAUST os parasitos dos cães domésticos foram observados com frequência de ocorrência para Blastocystis sp. de 30% e Sarcocystis sp. 10%. Para os C. thous com a frequência de ocorrência de Ancilostomídeo 42,85%, Blastocystis sp. 57,14%, Trichuris vulpis 14, 28% e Capillaria sp. 14,28%. As amostras de sangue dos canídeos domésticos e silvestres foram submetidas a RT- PCR para o CDV, qPCR para o diagnóstico de Anaplasma spp, Babesia spp., E. canis, Leishmania spp. e Trypanossoma spp. e PCR convencional para detecção molecular de Hepatozoon sp., e Ehrlichia spp. Os resultados mostraram que 50% das amostras dos cães domésticos foram positivas para Anaplasma spp., 60% para Babesia spp., 30 % Erlichia canis e 20 % para Erlichia spp.. No entanto, foram negativos para os antígenos Hepatozon sp., Leishmania spp., Trypanossoma spp. e CDV.  Para C. thous todas as amostras tiveram reações negativas para todos os genótipos analisados. A sorologia para detecção do anticorpo da cinomose (KIT teste rápido) em amostras de soro de cães domésticos e silvestres revelou que 80% das amostras foram reagentes para os cães domésticos e nenhuma para C. thous. A frequência de ocorrência de parasitos nas fezes e a presença de patógenos de doenças infecto contagiosas no sangue dos cães domésticos podem caracterizar ameaça aos cães silvestres presentes na Unidade de Conservação que tem contato direto entre os mesmos, pois tem livre trânsito entre a Unidade de Conservação e as áreas do entorno.  Considerando que a área de vida de C. thous pode chegar a mais de 7 km2 o que sobrepõem 60% dos cães domésticos amostrados, dessa forma pode contaminar não só o C. thous objeto deste estudo, mas também Chrysocyon brachyurus (lobo guará), Lycalopex vetulus (raposinha do campo) e Speothos venaticus (cachorro vinagre), assim como as espécies de felinos presentes na área. Por exemplo, Blastocystis sp. esteve presente nas duas espécies o que pode demonstrar o contato entre os animais. Medidas de preservação implicam em um trabalho de sensibilização com os donos de cães domésticos, relacionadas à vacinação e vermifugação desses animais. Desse modo, salientamos que a combinação de técnicas de análises buscando identificar patógenos e parasitos que acometem doenças em canídeos domésticos e silvestres, além do modo de contágio é fundamental para propormos medidas de conservação da fauna silvestre.


  • Mostrar Abstract
  • The species Cerdocyon thous (Linnaeus, 1766) is widespread over a large part of the South American territory, in Brazil its record occurs in large part, except in the Amazon. It is a common species in the Cerrado biome, as it adapts to anthropized and peri-urban environments. Anthropogenic areas bring the populations of wild animals closer to the domestic ones, allowing the transmission of parasites. The aim of the study was to evaluate the prevalence of intestinal parasites in the populations of domestic and wild canids, as well as the possibility of cross-contamination. For the capture of Cerdocyon thous, 10 folding Tomahawk traps were installed, measuring 115 x 55 x 60. As bait, pieces of chickens placed at the bottom of the traps were used. Biological material. In relation to domestic dogs, a questionnaire was applied to the owners of the animals regarding their life habits and the collection of biological material was carried out without the need for sedation. The samples were properly packaged and kept refrigerated until further analysis in the laboratory. The results obtained in the stool samples, according to Hoffman (1934) were positive for several parasites in domestic dogs with frequency of occurrence for Blastocystis sp. 60%, Trichuris vulpis 10%, Dipylidium caninum 10%, Hookworm 20%, Giardia lamblia 20% and Sarcocystis sp. 20%. For C. thous, the frequency of occurrence of mite eggs was 28.57%, Hookworm 42.85%, Blastocystis sp. 28.57%, Trichuris vulpis 14.28%. With the FAUST technique, parasites of domestic dogs were observed with frequency of occurrence for Blastocystis sp. of 30% and Sarcocystis sp. 10%. For C. thous with a frequency of occurrence of Hookworm 42.85%, Blastocystis sp. 57.14%, Trichuris vulpis 14, 28% and Capillaria sp. 14.28%. Blood samples from domestic and wild canids were subjected to Reverse Transcription followed by Polymerase Chain Reaction (RT-PCR) to investigate pathogens (Anaplasma sp., Babesia sp., Erlichia canis, Erlichia sp, Hepatozon sp., Leishmania sp. and Trypanosoma sp and CDV). The results showed that 50% of samples from domestic dogs were positive for Anaplasma sp., 60% for Babesia sp., 30% for Erlichia canis and 20% for Erlichia sp. However, they were negative for the antigens Hepatozon sp., Leishmania sp., Trypanosoma sp. and CDV. For C. thous all samples had negative reactions for all genotypes analyzed. Serology for distemper antibody detection (rapid test kit) in serum samples from domestic and wild dogs revealed that 80% of the samples were reactive for domestic dogs and none for C. thous. The frequency of occurrence of parasites in the feces and the presence of pathogens of infectious diseases in the blood of domestic dogs can characterize a threat to wild dogs present in the Conservation Unit that have direct contact between them, as they have free transit between the Conservation Unit. and the surrounding areas. Considering that the home range of C. thous can reach more than 7 km2, which overlaps 60% of the sampled domestic dogs, this way it can contaminate not only the C. thous object of this study, but also Chrysocyon brachyurus (maned wolf), Lycalopex vetulus (field fox) and Speothos venaticus (vinegar dog), as well as the feline species present in the area. For example, Blastocystis sp. was present in both species, which may demonstrate the contact between the animals. Preservation measures imply a work of sensitization of some residents who own domestic dogs, related to the vaccination and deworming of these animals. Thus, we emphasize that the combination of analysis techniques seeking to identify pathogens and parasites that affect diseases in domestic and wild canids, in addition to the mode of contagion, is essential to propose measures for the conservation of wild fauna.

6
  • RITHIELY CONCEIÇÃO SILVA
  • Atividade antibacteriana do mel de Mato Grosso (Brasil) e indicativo de mecanismo de ação sobre bactérias gram positiva e negativa

  • Orientador : CARLA GALBIATI
  • Data: 26/05/2022

  • Mostrar Resumo
  • O objetivo deste estudo foi avaliar a atividade antibacteriana do mel de Apis mellifera e suas frações e o indicativo do mecanismo de ação de permeabilidade da membrana em combinação com antibióticos. Os méis avaliados foram oriundos do estado de Mato Grosso, dos municípios de Cáceres (mel 1 e 2), Barra do Garças (mel 3), Nossa Senhora do Livramento (mel 4) e Sinop (mel 5). Os méis foram selecionados devido maior conteúdo de fenólicos, atividade antioxidante e antibacteriana comparado com outros do Estado, estudados pelo Laboratório do Centro de Estudo de Apicultura (CETApis). Os 05 méis frescos e suas 03 frações (hexano, acetato de etila e n-butanol) totalizaram 20 amostras testadas. A avaliação da atividade antibacteriana foi sobre as bactérias Enterococcus faecalis, Staphylococcus epidermidis e Helicobacter pylori. A atividade antibacteriana foi verificada por microdilução em caldo, com diluição seriada de 1000 a 1,95 μg/mL. O indicativo de permeabilidade da membrana foi investigado por microdiluição em caldo, com a combinação de mel ou fração e antibiótico, semelhante a “checkboard”. Para esse estudo o mel ou fração foi testado nas concentrações seriada de 80 a 0,15 mg/mL, com o antibiótico (claritromicina/ eritromicina) na concentração de 20 a 0,04 μg/mLA metodologia de TimeKill foi usada para avaliar a atividade antibacteriana do mel/ frações no tempo de ?12, 24 e 48 H. Os méis e as suas frações não tiveram atividade antibacteriana até a concentração de 1000 μg /mL para as três bactérias. O mel 1 e sua fração N-butanol teve efeito sobre a permeabilidade da membrana sobre E. faecalis. No entanto, os cinco méis não tiveram efeito sobre a permeabilidade da membrana de S. epidermidis. Conclui-se que o mel 1 de Cáceres é promissor para potencializar a atividade antibacteriana do antibiótico, ligada a permeabilidade da membrana possivelmente devido a ação de flavonoide.


  • Mostrar Abstract
  • This study evaluated the antibacterial activity of honey and fractions from Apis mellifera and the indicative mechanism of action of membrane permeability in combination with antibiotics. The honeys evaluated from the municipalities the state of Mato Grosso such as Cáceres (honey 1 and 2), Barra do Garças (honey 3), Nossa Senhora do Livramento (honey 4) and Sinop (honey 5). These honeys have higher phenolic content, antioxidant and antibacterial activity compared to others in the state, studied by the Laboratory of the Center for the Study of Beekeeping (CETApis). The five fresh honeys and their fractions (hexane, ethyl acetate and n-butanol) were evaluated for inhibition of the growth of Enterococcus faecalis, Staphylococcus epidermidis and Helicobacter pylori bacteria. The antibacterial activity was verified by microdilution in broth method, with serial dilution from 1000 to 1.95 μg/mL. The indicative of membrane permeability was investigated by microdilution in broth method, combining honey or fractions in serial concentrations of 80 to 0.2 mg/mL with the antibiotic (clarithromycin/erythromycin) in a concentration of 20 to 0.04 μg/mL, such as checkboard. Honeys and their fractions had no antibacterial activity up to a concentration of 1000 ug/mL. Honey 1 and its N-butanol fraction had an effect on membrane permeability for gram positive bacteria E. faecalis. Honeys and fractions had no effect on the membrane permeability of S. epidermidis. It is concluded that honey 1 from Cáceres are promising to enhance the antibacterial activity of the antibiotic linked to membrane permeability and flavonoid action.

7
  • JAQUELINE DEUSDARA PINHEIRO
  •  

    Fontes de mercúrio no Pantanal Norte

  • Orientador : AUREA REGINA ALVES IGNACIO
  • Data: 21/06/2022

  • Mostrar Resumo
  • O mercúrio (Hg) é uma preocupação global devido aos seus efeitos adversos na saúde humana, na segurança alimentar e no meio ambiente. É um dos poluentes ambientais mais graves e os compostos tóxicos relacionados podem ser facilmente transferidos para a água, solo e sedimentos. O acúmulo ao longo do tempo de grandes entradas de Hg no meio ambiente resulta na ocorrência generalizada de Hg em toda a cadeia alimentar, exigindo ações para identificar as principais fontes locais de Hg. O Pantanal brasileiro é uma planície de inundação que cobre uma área de quase 140.000 km 2 e está sujeito a inundações sazonais e monomodais, principalmente uma vez por ano. Por ser o receptor final de poluentes, derivados de pressões antropogênicas, é uma região vulnerável ameaçada pelas tendências recentes de desenvolvimento econômico, principalmente por queimadas persistentes e letais ocorridas sobretudos nos anos de 2018 a 2020. Traços de mercúrio já foram encontrados em algas, peixes e répteis no Pantanal Norte; o que traz preocupação para o frágil equilíbrio desse ecossistema bem como para a saúde animal e da população ribeirinha. Neste sentido, o objetivo desta pesquisa foi avaliar a origem do mercúrio no Ecossistema Pantanal Norte. Com uma metodologia exploratória, as coletas ocorreram nas nascentes, percurso e fozes dos rios Jauru, Cabaçal, Sepotuba e Paraguai, cujas águas formam a montante das bordas do Pantanal. Foram considerados 48 pontos, sendo coletados amostras de folhas, solo, sedimento, zooplâncton e material particulado em água. Para determinação do THg foi utilizado um analisador direto (DMA 80), seguindo então para análises estatísticas. Houve relações significativas dos quatro rios e áreas estudadas para solo (p<0,05). E entre as áreas de nascente, percurso e foz, houve relações significativas para sedimentos (p<0,05). No conjunto dos rios estudados, o rio Cabaçal apresentou a maior concentração de THg para zooplanctons, (11,01 ± 5.34 ug/kg), solo (15,58 ± 16.77 ug/kg) e folhas (21,81 ± 10,18 ug/kg), enquanto o rio Jauru apresentou para sedimentos (3,67 ± 21,47 ug/kg). O rio Cabaçal foi associado a intensa sedimentação da litologia da bacia e a ocorrência de Latossolos, associado ao uso da terra, além da própria dinâmica fluvial. O rio Jauru associado a PCHs estabelecidas na região desde 1990. As concentrações encontradas mesmo abaixo dos limites estabelecidos pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) e pelo Conselho Nacional do Meio Ambiente (CONAMA) exigem ações governamentais no sentido de prevenir a contaminação ambiental, orientando e conscientizado sobre os riscos a qual a população pode estar exposta, bem como a preservação deste frágil ecossistema. O monitoramento contínuo deve ocorrer principalmente por conta de o número de focos de queimadas terem aumentado nos últimos dois anos (2020-2021) no Bioma Pantanal.


  • Mostrar Abstract
  • Mercury (Hg) is a global concern due to its adverse effects on human health, food safety and the environment. It is one of the most serious environmental pollutants and related toxic compounds can be easily transferred to water, soil and sediment. The accumulation over time of large inputs of Hg into the environment results in the widespread occurrence of Hg throughout the food chain, requiring action to identify the main local sources of Hg. The Brazilian Pantanal is a floodplain covering an area of almost 140,000 km 2 and is subject to seasonal and monomodal floods, mostly once a year. As the final receptor of pollutants, derived from anthropogenic pressures, it is a vulnerable region threatened by recent trends in economic development, mainly by persistent and lethal fires that occurred mainly in the years 2018 to 2020. Traces of mercury have already been found in algae, fish and reptiles in the North Pantanal; which brings concern for the fragile balance of this ecosystem as well as for the health of the animals and the riverside population. In this sense, the objective of this research was to evaluate the origin of mercury in the North Pantanal Ecosystem. With an exploratory methodology, the collections took place in the springs, course and mouths of the Jauru, Cabaçal, Sepotuba and Paraguai rivers, whose waters form upstream of the edges of the Pantanal. Forty-eight points were considered, and samples of leaves, soil, sediment, zooplankton and particulate matter in water were collected. To determine the THg, a direct analyzer (DMA 80) was used, followed by statistical analyses. There were significant relationships of the four rivers and areas studied for soil (p<0.05). And between the spring, course and mouth areas, there were significant relationships for sediments (p<0.05). Among the studied rivers, the Cabaçal river presented the highest concentration of THg for zooplankton, (11.01 ± 5.34 ug/kg), soil (15.58 ± 16.77 ug/kg) and leaves (21.81 ± 10.18 ug/kg), while the Jauru River presented for sediments (3.67 ± 21.47 ug/kg). The Cabaçal River was associated with intense sedimentation of the basin lithology and the occurrence of Latosols, associated with land use, in addition to the fluvial dynamics itself. The Jauru River associated with PCHs established in the region since 1990. The concentrations found even below the limits established by the National Health Surveillance Agency (ANVISA) and the National Council for the Environment (CONAMA) require government actions to prevent environmental contamination, guiding and aware of the risks to which the population may be exposed, as well as the preservation of this fragile ecosystem. Continuous monitoring should occur mainly because the number of fires has increased in the last two years (2020-2021) in the Pantanal Biome.

Teses
1
  • MAIARA THAISA OLIVEIRA RABELO
  •  

    IMPLEMENTAÇÃO DA POLÍTICA NACIONAL DE  
    RECURSOS HÍDRICOS NA REGIÃO HIDROGRÁFICA  
    DO PARAGUAI: GOVERNANÇA EM CONSTRUÇÃO

  • Orientador : CAROLINA JOANA DA SILVA
  • Data: 22/02/2022

  • Mostrar Resumo
  •  

    Este trabalho versa sobre a gestão e o planejamento dos recursos hídricos da Região  
    Hidrográfica do Paraguai – RH Paraguai. A importância desta região hidrográfica,  
    especialmente por incluir em sua área a maior planície de inundação contínua do mundo,  
    o Pantanal Mato-grossense, considerado como Patrimônio Nacional, Patrimônio da  
    Humanidade e Reserva da Biosfera, contemplando ainda quatro sítios reconhecidos pela  
    Convenção Ramsar de Conservação de Áreas Úmidas de Interesse Internacional, explica  
    o grande interesse que o bioma desperta no Brasil e no mundo. Diante de tal importância,  
    a sociedade civil conseguiu, junto ao Conselho Nacional de Recursos Hídricos, a  
    realização de um Plano de Recursos Hídricos para RH Paraguai, com o objetivo de  
    considerar os usos múltiplos da água ameaçados pela expansão do aproveitamento  
    hidrelétrico nos rios formadores do Pantanal, sem qualquer planejamento. Esses  
    barramentos têm alto potencial de afetar a migração reprodutiva dos peixes e, por  
    conseguinte, a pesca profissional-artesanal e o turismo de pesca, importantes atividades  
    sociais e econômicas da região. Neste trabalho avaliou-se a participação dos diversos  
    usuários nas oficinas de elaboração do PRH Paraguai, suas demandas e possíveis  
    conflitos, com o objetivo de analisar o planejamento, a gestão participativa e a governança  
    dos recursos hídricos no âmbito da construção e implementação do Plano de Recursos  
    Hídricos da Região Hidrográfica do Paraguai.


  • Mostrar Abstract
  •  

    This work deals with the management and planning of water resources in the hydrographic region of Paraguay. The importance of the hydrographic region of Paraguay, especially for including in its area the largest continuous floodplain in the world, National Heritage, site designated by the RAMSAR Wetlands Convention and Biosphere Reserve, the Pantanal Mato-grossense, explains the great interest that awakens in Brazil and in the world. Given such importance, this plan must consider all the multiple uses and users of water present in the region. Note, however, the lack of the human element, as well as the fishing and tourism segments in this document. On the other hand, these segments and others participated in workshops to prepare the document, although there are no previous studies to identify all interest groups, their demands and possible conflicts. For this reason, the objective of this paper is to analyze the planning, participatory management and governance of water resources in the Hydrographic Region of Paraguay in the context of the construction and implementation of the Water Resources Plan.
2
  • JOSE ALDAIR PINHEIRO
  •  

    “HISTÓRIA AMBIENTAL DO PROJETO DE COLONIZAÇÃO TERRANOVA: necessidades e possibilidades da Educação Ambiental na Amazônia Norte Mato-grossense em transformação”.

  • Orientador : AUMERI CARLOS BAMPI
  • Data: 04/03/2022

  • Mostrar Resumo
  • Esta tese aborda a História Ambiental do Projeto de Colonização Terranova localizado nos municípios de Terra Nova do Norte e Nova Guarita no extremo-Norte de Mato Grosso. A abordagem retrata a configuração histórica e atual no tocante à relação desta sociedade com a natureza em seus locais de vida. O Projeto de Colonização Terranova trata-se de um processo de reocupação desse território, via Colonização Oficial do governo militar implantado no ano de 1978 através do INCRA e da Cooperativa Coopercana. Neste Projeto foram assentadas famílias camponesas sem-terras que ocupavam ilegalmente as reservas indígenas da região do alto Uruguai – RS, onde viviam em situação de conflito pela posse da terra. A partir do enfoque da História Ambiental, a problemática central da tese procurou responder as seguintes indagações: Quais condições socioambientais levaram/motivaram os sulistas da região do Alto Uruguai/RS aceitar a proposta de migrar para o Projeto de Colonização Terranova no Norte de Mato Grosso?Como se deu o processo de apropriação e uso da natureza, tendo em vista a crise socioambiental vivida pelos camponeses atualmente na área de estudo da pesquisa? O objetivo da pesquisa é analisar as relações entre sociedade e natureza, representadas pelos camponeses e o Projeto Terranova, na perspectiva da História Ambiental, para o enfrentamento e superação dos desafios à crise socioambiental local por meio das possibilidades ofertadas pela educação ambiental.A abordagem do estudo tem por base a pesquisa qualitativa. Nesta perspectiva e de modo a contemplar os objetivos traçados e responder às questões da tese, foi definindo o método dialético para a abordagem científica da pesquisa. Quanto aos procedimentos e técnicas de coletas de dados utilizamos, primeiro a pesquisa bibliográfica e documental. Em seguida, para os dados de campo utilizamos a observação participante, caderno de campo e entrevistas semiestruturadas tendo por base métodos da história oral de vidas e a entrevista compreensiva. Os interlocutores participantes são camponeses remanescentes nos lotes rurais desde o início do Projeto. Os resultados mostram que a criação e implantação do Projeto Terranova desconsiderou o povo indígena krenakarore, que habitavam esse território. Desconsiderou, também a realidade socioambiental dos camponeses migrantes em suas trajetórias de vida e a migração para o bioma amazônico sem qualquer preparação ou conhecimento do ecossistema local. O desenvolvimento do Projeto Terranova reproduziu o ethos sulista do desmatamento civilizador baseado na exploração dos recursos naturais e na produção de matérias prima para os mercados nacionais e internacionais. No processo de reocupação foi implantado um modelo de desenvolvimento baseado na exploração dos recursos naturais, na qual as famílias camponesas foram inseridas e concebidas como pequenas unidades de produção para o mercado nacional e internacional. Consequentemente, isso gerou impactos e transformações profundas no meio ambiente levando a uma crise socioambiental local que impõe a essa sociedade a busca de alternativas de enfrentamento da crise e a construção de uma vida coletiva mais sustentável.

     


  • Mostrar Abstract
  •  

    This thesis addresses the Environmental History of the Terranova Colonization Project located in the municipalities of Terra Nova do Norte and Nova Guarita in the far north of Mato Grosso. The approach portrays the historical and current configuration regarding the relationship of this society with nature in its places of life. The Terranova Colonization Project is a process of reoccupation of this territory, via Official Colonization of the military government implemented in 1978 through INCRA and Cooperativa Coopercana. In this Project, landless peasant families who illegally occupied indigenous reserves in the upper Uruguay region were settled, where they lived in a situation of conflict over land tenure. From the focus of Environmental History, the central issue of the thesis sought to answer the following questions: What social and environmental conditions led/motivated southerners in the Alto Uruguai/RS region to accept the proposal to migrate to the Terranova Colonization Project in the North of Mato Grosso ?How was the process of appropriation and use of nature taking place, in view of the socio-environmental crisis currently experienced by peasants in the research study area? The objective of the research is to analyze the relationship between society and nature, represented by the peasants and the Terranova Project, from the perspective of Environmental History, to face and overcome the challenges of the local socio-environmental crisis through the possibilities offered by environmental education. study is based on qualitative research. In this perspective and in order to contemplate the outlined objectives and answer the thesis questions, the dialectical method for the scientific approach to research was defined. As for the procedures and techniques of data collection, we used, first, the bibliographical and documental research. Then, for field data, we used participant observation, field notebook and semi-structured interviews based on methods of oral history of lives and comprehensive interview. Participating interlocutors are peasants remaining in rural plots since the beginning of the Project. The results show that the creation and implementation of the Terranova Project disregarded the Krenakarore indigenous people, who inhabited this territory. It also disregarded the socio-environmental reality of migrant peasants in their life trajectories and the migration to the Amazon biome without any preparation or knowledge of the local ecosystem. The development of the Terranova Project reproduced the southern ethos of civilizing deforestation based on the exploitation of natural resources and the production of raw materials for national and international markets. In the reoccupation process, a development model based on the exploitation of natural resources was implemented, in which peasant families were inserted and conceived as small production units for the national and international market. Consequently, this generated profound impacts and transformations in the environment, leading to a local socio-environmental crisis that imposes on this society the search for alternatives to face the crisis and the construction of a more sustainable collective life.
3
  • MAIRA LUIZA SPANHOLI
  •  

     


  • Data: 29/03/2022

  • Mostrar Resumo
  •  

    Valoração econômica ambiental: benefícios econômicos de Unidades de Conservação de Mato Grosso



  • Mostrar Abstract
  • “Environmental economic valuation: benefits obtained by Mato Grosso in environmental conservation”

4
  • MARCOS DOS SANTOS
  •  

    ELEMENTOS AMBIENTAIS, USO E OCUPAÇÃO DA TERRA, FRAGILIDADE AMBIENTAL E A MORFODINÂMICA DA BACIA HIDROGRÁFICA DO CÓRREGO CACHOEIRINHA, MATO GROSSO

  • Orientador : CELIA ALVES DE SOUZA
  • Data: 20/04/2022

  • Mostrar Resumo
  • Esta pesquisa foi desenvolvida na bacia hidrográfica do córrego Cachoeirinha,
    localizada no município de Cáceres, Mato Grosso. O objetivo foi estudar as  
    características ambientais, as unidades de solo, os diferentes tipos de uso da terra,  
    as fragilidades do ambiente e a morfometria do córrego Cachoeirinha. As  
    metodologias incidiram em revisão conceitual; delimitação da área da bacia;
    caracterização dos elementos ambientais; confecção da base cartográfica;
    compartimentação da bacia em alto, médio e baixo curso; classificação das áreas com  
    fragilidade ambiental, conforme Ross (1994); caracterização das unidades  
    pedológicas; levantamento da rede de drenagem; análise laboratorial; atividades de  
    campo e discussão dos resultados. O primeiro capítulo aborda as características  
    ambientais da bacia. Os resultados mostraram que o clima regional é Aw. Entretanto,  
    as diferentes altitudes incorrem nos climas Tropical de Altitude Mesotérmico Quente  
    da Fachada Meridional das Chapadas e Planaltos e o Tropical Megatérmico Sub-
    Úmido das Depressões e Pantanais de Mato Grosso. A Geologia comporta as
    Formações Raizama, Araras, Sepotuba, Moenda, Aluviões Holocênicos, Coluviões  
    Pleistocênicos e Terraços Holocênicos. A Geomorfologia apresenta a Província  
    Serrana, a Depressão do Alto Paraguai e a Planície do Rio Paraguai e a cobertura  
    vegetal predominante é do tipo Savana. O segundo capítulo apresenta as unidades  
    pedológicas com características típicas de altitudes maiores e de relevo plano, como  
    exemplo, os latossolos. O terceiro capítulo referencia-se ao uso e a ocupação da terra,  
    que iniciou durante o século XVIII com atividades agrícolas e extrativas de  
    subsistência. A partir do século XIX, com a chegada de imigrantes, houve a inserção  
    da agricultura mecanizada, iniciando conflitos sociais, desmatamento de grandes  
    áreas, queimadas, uso de agrotóxico, erosão e compactação do solo, dentre outros  
    impactos. Na atualidade, 63% da bacia é coberta pela vegetação do Cerrado, 34,52%
    é ocupada por pastagem e 1,68%, pelo monocultivo de grãos. O quarto capítulo  
    apresenta as áreas com fragilidade ambiental. 47,22% apresenta fragilidade muito  
    forte na Província Serrana. O menor índice encontra-se nos vales da Depressão do  
    Alto Paraguai e na Planície do Rio Paraguai. Em relação ao clima, a fragilidade forte  
    foi na área de domínio do clima Tropical de Altitude Mesotérmico Quente da Fachada  
    Meridional das Chapadas e Planaltos. O Neossolo Flúvico Tb eutrófico típico e o
    Neossolo Litólico eutrófico apresentaram fragilidade muito forte e com fragilidade fraca
    os Latossolos. 62,94% da bacia apresenta fragilidade ambiental fraca e muito fraca,
    onde existe a cobertura vegetal. O quinto capítulo expõe a batimetria e a morfometria.  
    Os resultados mostraram que a geomorfologia criou o padrão de escoamento  
    exorreica e a drenagem paralela. A densidade de drenagem foi de 0,52 km/km², de  
    canais 0,10 canais/km², maior vazão na S-IV, a maior profundidade na S-VI, a  
    velocidade mais acentuada na S-IV, a área molhada na S-VI e a maior carga de  
    sedimentos no período de cheia na S-VII. A realização deste estudo foi imprescindível
    para o conhecimento da estrutura natural e social da bacia, a fim de nortear ações que  
    visem à gestão e ao desenvolvimento de ações ambientalmente corretas


  • Mostrar Abstract
  • This research was carried out in the hydrographic basin of the Cachoeirinha stream, located in the municipality of Cáceres, Mato Grosso. The objective was to study the environmental characteristics, soil units, different types of land use, the weaknesses of the environment and the morphometry of the Cachoeirinha stream. At methodologies focused on conceptual review; delimitation of the basin area; characterization of environmental elements; creation of the cartographic base; compartmentation of the basin in high, medium and low courses; classification of areas with environmental fragility, according to Ross (1994); characterization of units pedological; survey of the drainage network; laboratory analysis; activities of field and discussion of results. The first chapter covers the features environmental impacts of the basin. The results showed that the regional climate is Aw. Nonetheless, the different altitudes incur in the Tropical Altitude Mesothermal Hot climates of the Southern Facade of Chapadas and Planaltos and the Tropical Megathermal Sub- Humidity of the Depressions and Pantanals of Mato Grosso. Geology comprises the Raizama Formations, Araras, Sepotuba, Milling, Holocenic Alluvium, Colluvium Pleistocene and Holocene Terraces. Geomorphology presents the Province Serrana, the Upper Paraguay Depression and the Paraguay River Plain and coverage Predominant vegetable is of the Savanna type. The second chapter presents the units pedological with typical characteristics of higher altitudes and flat relief, such as example, oxisols. The third chapter refers to the use and occupation of land, which began during the 18th century with agricultural and extractive activities in subsistence. From the nineteenth century, with the arrival of immigrants, there was the insertion of mechanized agriculture, initiating social conflicts, deforestation of large areas, fires, use of pesticides, erosion and soil compaction, among others impacts. Currently, 63% of the basin is covered by Cerrado vegetation, 34.52% it is occupied by pasture and 1.68% by grain monoculture. the fourth chapter presents the areas with environmental fragility. 47.22% is very fragile strong in the Serrana Province. The lowest index is found in the valleys of the Depression of the Upper Paraguay and the Paraguay River Plain. In relation to the climate, the strong fragility was in the domain area of the Tropical Climate of Altitude Mesothermal Quente da Fachada South of Chapadas and Plateaus. The typical eutrophic Tb Fluvic Neosol and the Eutrophic Litholic Neosol showed very strong fragility and weak fragility the Oxisols. 62.94% of the basin has weak and very weak environmental fragility, where there is vegetation cover. The fifth chapter exposes bathymetry and morphometry. The results showed that geomorphology created the flow pattern exorreic and parallel drainage. The drainage density was 0.52 km/km², of channels 0.10 channels/km², highest flow in S-IV, greatest depth in S-VI, sharpest speed on the S-IV, the wet area on the S-VI and the highest load of sediments in the flood period in S-VII. The completion of this study was essential for the knowledge of the natural and social structure of the basin, in order to guide actions that aim at the management and development of environmentally correct actions

5
  • ANGÉLICA VILAS BOAS DA FROTA
  •  Diversidade taxonômica e funcional de aves na planície  
    de inundação do Pantanal brasileiro.

  • Orientador : JOSUE RIBEIRO DA SILVA NUNES
  • Data: 26/04/2022

  • Mostrar Resumo
  • Aves podem ser indicadores eficazes das condições ecológicas em áreas úmidas, pois  
    constituem um dos grupos biológicos mais diversos, apresentam alta mobilidade, e
    desempenham funções ecológicas fundamentais que garantem a manutenção dos serviços  
    de suporte e regulação ecossistêmica. Nesta pesquisa, avaliamos a diversidade
    taxonômica e funcional das aves por meio de diferentes abordagens, utilizando o grupo
    como um potencial indicador ecológico para contribuir nas ações de conservação e de
    planejamento ambiental na planície de inundação do Pantanal brasileiro. Para isso,  
    estruturamos o documento em quatro capítulos, que geraram dois artigos publicados, um  
    artigo submetido e um artigo em fase de elaboração. O primeiro capítulo, consiste em  
    uma visão geral do conhecimento científico sobre as aves do Pantanal com base nas  
    publicações dos últimos 30 anos, o que nos possibilitou fundamentar e direcionar  
    pesquisas futuras. No segundo capítulo, inventariamos e consolidamos uma lista de  
    espécies de aves que ocorrem em uma área protegida do Pantanal que é reconhecida como  
    uma área úmida de importância internacional, o que permitiu contribuir no conhecimento  
    do padrão de distribuição e ocorrência de aves nesta planície de inundação. No terceiro
    capítulo, buscamos compreender como a riqueza, abundância e estrutura funcional das  
    aves com distintos graus de dependência das áreas úmidas são influenciadas pela  
    dinâmica do pulso de inundação, com a expectativa de encontrar respostas ecológicas  
    distintas ao ciclo hidrológico. No quarto capítulo, propomos investigar se a modificação  
    dos habitats ao longo dos ciclos hidrológicos afeta a diversidade taxonômica e funcional  
    de aves, para acessar as mudanças ambientais em uma planície de inundação tropical.  
    Esperamos contribuir para o conhecimento da diversidade taxonômica e funcional de aves  
    em planícies, bem como avançar nos esforços para a conservação das áreas úmidas


  • Mostrar Abstract
  • Birds can be effective indicators of ecological conditions in wetlands, because constitute  
    one of the most diverse biological groups, have high mobility, and provide fundamental  
    ecological functions that guarantee the maintenance of ecosystem support and regulation  
    services. In this research, we evaluated the taxonomic and functional diversity of birds
    through distinct approaches, using the group as a potential ecological indicator to  
    contribute to conservation actions and environmental planning in the Brazilian Pantanal  
    floodplain. For this, we structured the document into four chapters, corresponding to two  
    published articles, one submitted and one in preparation. The first chapter is an overview
    of scientific knowledge about birds in the Pantanal based on publications from the last 30  
    years, which made it possible to direct and substantiate future research. In the second  
    chapter, we carry out an inventory and consolidate a list of bird species that occur in a  
    protected area of the Pantanal which is recognized as a wetland of international  
    importance, which can contribute to the knowledge of the distribution and occurrence of  
    birds in this floodplain. In the third chapter, we researched how the richness, abundance  
    and functional structure of birds with different degrees of wetlands dependence are  
    influenced by the flood pulse dynamics of the Pantanal. We expected to find different  
    ecological responses for each birds group in relation to hydrological cycle. In the fourth  
    chapter, we propose to investigate whether the modification of habitats across the  
    hydrological cycles affects the taxonomic and functional diversity of birds, in order to  
    access environmental changes in a tropical floodplain. We expect to contribute to the  
    knowledge of the taxonomic and functional diversity of birds in floodplains, as well as  
    towards advances for wetlands conservation

6
  • BRUNO RAMOS BRUM
  •  RESILIÊNCIA DAS AVES FRENTE A POLUIÇÃO AMBIENTAL CAUSADA POR AGROTÓXICOS E
    MERCÚRIO NO PANTANAL MATO-GROSSENSE

  • Orientador : AUREA REGINA ALVES IGNACIO
  • Data: 30/06/2022

  • Mostrar Resumo
  • As rápidas mudanças ambientais induzidas pelo homem representam as maiores ameaças para as populações da vida selvagem e englobam muitas perturbações ambientais, incluindo perda de habitat, introdução de espécies exóticas, mudanças climáticas e contaminação por aplicações de fertilizantes e agrotóxicos, oriundos da complexa cadeia produtiva do agronegócio, que por sua vez, culmina num aumento da acumulação de metais como o mercúrio na água e no solo. A exposição de organismos não-alvo a estes compostos químicos, é bastante comum, resultando em inúmeros casos de intoxicação aguda na população silvestre, particularmente em aves, que possuem baixos níveis de enzimas detoxificantes, aumentando sua sensibilidade. Devido a persistência no ambiente e sua capacidade de bioacumulação e bimagnificação, tanto os multiresíduos de agrotóxicos, quanto o mercúrio, tem sido associado ao declínio de populações de aves em diversas partes do mundo. Deste modo, as aves têm desempenhado um importante papel como bioindicadoras ambientais, sendo que diferentes espécies podem ser úteis devido as distintas capacidades de bioacumulação. Estudos recentes indicam que a disponibilidade de multiresíduos de agrotóxicos e mercúrio podem ser aumentadas em áreas onde existem flutuações do nível da água e habitats vegetados que experimentam ciclos úmidos e secos durante o ano. Assim, áreas como o Pantanal brasileiro, que apresenta estas características, estão predispostas a serem hotspots de exposição aviária a estes compostos tóxicos. Diante disso, apresentamos no capítulo 1 uma pesquisa cienciométrica acerca dos impactos dos agrotóxicos utilizados na agricultura ao longo de 21 sobre as aves insetívoras, insetívoras. Foram encontrados 16 trabalhos, distribuídos em nove países, incluindo 50 espécies de aves enquadradas em quatro categorias de status populacional. Além disso os resultados demostraram que estas aves tiveram ao menos um órgão/tecido/estrutura (fígado, fezes, bolo estomacal, plasma sanguíneo, tecido muscular, itens alimentares, ovos) contaminado por um dos 21 tipos de compostos químicos apresentados nos artigos analisados, que afetam diretamente sobrevivência das mesmas. Aves insetívoros que habitam matas ripárias de planícies de inundação ao predar invertebrados os, tendem a ampliar o comprimento de suas cadeias alimentares, aumentando a oportunidade de biomagnificação de compostos químicos em seu organismo. O conhecimento sobre ecologia trófica e particionamento de recursos alimentares por aves insetívoras apresenta grande importância científica. Assim, no segundo capítulo investigamos as relações tróficas por meio de análises sobre partição de recursos alimentares, entre espécies de aves insetívoras de um gradiente longitudinal de mata ripária, na porção norte do Pantanal de Mato Grosso. Os espécimes foram capturados com rede de neblina por meio de uma sequência de 9 redes de 9m x 2m, malha 36mm, que permaneceram abertas durante 4 horas contínuas. Foram coletados 126 espécimes pertencentes a 14 espécies. Os itens alimentares mais consumidos pelas aves amostradas foram insetos pertecentes a ordem Coleoptera, Hyminoptera-Formicidae, Himenoptera, Diptera, Ixodida e Hymenoptera não Formicidae, respectivemante, indicando uma maior generalização das espécies estudadas quanto à exploração de alimento. Por fim, apresentamos no terceiro capítulo o primeiro trabalho utilizando aves insetívoras do Pantanal Norte como bioindicadores da exposição ao mercúrio, com o objetivo de conhecer o padrão de acúmulo deste metal em diferentes órgãos (músculo, fígado e encéfalo) e pena. Foram coletados um total de 218 exemplares e as amostras foram analisadas por espectrometria de absorção atômica de análise direta (DMA-80). As concentrações de mercúrio apresentaram valores em ordem crescentes, de músculo < encéfalo < fígado < pena, independentemente do local de coleta, apresentando variação na média nas concentrações de mercúrio de (0,07 a 0,27 µg.g-1), (0,04  a 0,62 µg.g-1), (0,14 a 0,81 µg.g-1 ) e (0,77  a 3,49  µg.g-1 ), respectivamente. Ao longo do gradiente o teste Kruskal-Wallis revelou diferenças significativas entre as concentrações nos tecidos onde músculo apresentou (KW = 73,88 p < 0,001), encéfalo (KW = 100,23, p < 0,002), fígado (KW = 65,42, p < 0,009) e pena (KW = 39,52, p < 0,005) de maneira que a concentração de mercúrio nos tecidos das aves insetívoras aumenta seguindo o sentido do curso d´água, dos pontos à montante Porte Estrela e Barra do Bugres para jusante, Taiamã. Nossos resultados evidenciam que o mercúrio está presente nas teias alimentares do Pantanal Norte do Brasil e pode se biomagnificar em concentrações significativas não somente em espécies predadoras piscívora, mas também em aves insetívoras da região estudada.


  • Mostrar Abstract
  • Tipos de tradução

    Tradução de textos

     
     
     

    Texto de origem

     
     
     
    Rapid human-induced environmental changes pose the greatest threats to wildlife populations and encompass many environmental disturbances, including habitat loss, introduction of exotic species, climate change, and contamination by fertilizer and pesticide applications from the complex production chain of the world. agribusiness, which in turn leads to an increase in the accumulation of metals such as mercury in water and soil. The exposure of non-target organisms to these chemical compounds is quite common, resulting in numerous cases of acute poisoning in the wild population, particularly in birds, which have low levels of detoxifying enzymes, increasing their sensitivity. Due to their persistence in the environment and their ability to bioaccumulate and bimagnify, both pesticide multiresidues and mercury have been associated with the decline of bird populations in different parts of the world. In this way, birds have played an important role as environmental bioindicators, and different species can be useful due to their different capacities for bioaccumulation. Recent studies indicate that the availability of multi-residues of pesticides and mercury can be increased in areas where there are water level fluctuations and vegetated habitats that experience wet and dry cycles during the year. Thus, areas such as the Brazilian Pantanal, which has these characteristics, are predisposed to be hotspots of avian exposure to these toxic compounds. Therefore, we present in chapter 1 a scientometric research on the impacts of pesticides used in agriculture over 21 years on insectivorous, insectivorous birds. 16 works were found, distributed in nine countries, including 50 species of birds classified in four categories of population status. In addition, the results showed that these birds had at least one organ/tissue/structure (liver, feces, stomach bolus, blood plasma, muscle tissue, food items, eggs) contaminated by one of the 21 types of chemical compounds presented in the analyzed articles, that directly affect their survival. Insectivorous birds that inhabit riparian forests of floodplains, by preying on invertebrates, tend to extend the length of their food chains, increasing the opportunity for biomagnification of chemical compounds in their organism. Knowledge about trophic ecology and partitioning of food resources by insectivorous birds is of great scientific importance. Thus, in the second chapter, we investigate trophic relationships through analysis of the partition of food resources between insectivorous bird species from a longitudinal gradient of riparian forest, in the northern portion of the Pantanal of Mato Grosso. Specimens were captured with a mist net using a sequence of 9 nets measuring 9m x 2m, mesh 36mm, which remained open for 4 continuous hours. A total of 126 specimens belonging to 14 species were collected. The food items most consumed by the birds sampled were insects belonging to the order Coleoptera, Hyminoptera-Formicidae, Hymenoptera, Diptera, Ixodida and Hymenoptera non-Formicidae, respectively, indicating a greater generalization of the studied species in terms of food exploitation. Finally, in the third chapter, we present the first work using insectivorous birds from the North Pantanal as bioindicators of exposure to mercury, with the objective of knowing the pattern of accumulation of this metal in different organs (muscle, liver and brain) and feather. A total of 218 specimens were collected and the samples were analyzed by direct analysis atomic absorption spectrometry (DMA-80). The mercury concentrations presented values in increasing order, muscle < brain < liver < feather, regardless of the collection site, with a variation in the mean of mercury concentrations from (0.07 to 0.27 µg.g-1), ( 0.04 to 0.62 µg.g-1), (0.14 to 0.81 µg.g-1) and (0.77 to 3.49 µg.g-1), respectively. Along the gradient, the Kruskal-Wallis test revealed significant differences between the concentrations in the tissues where muscle (KW = 73.88 p < 0.001), brain (KW = 100.23, p < 0.002), liver (KW = 65, 42, p < 0.009) and feather (KW = 39.52, p < 0.005) so that the concentration of mercury in the tissues of insectivorous birds increases following the direction of the watercourse, from the points upstream of Porte Estrela and Barra do Downstream buggy, Taiamã. Our results show that mercury is present in food webs in the Pantanal North of Brazil and can biomagnify in significant concentrations not only in predatory piscivorous species, but also in insectivorous birds in the studied region.
7
  • BRENO DIAS VITORINO
  •  

    Redes ecológicas e o mutualismo entre aves e plantas: de uma área protegida a ambientes urbanos na região Neotropical.

  • Orientador : JOSUE RIBEIRO DA SILVA NUNES
  • Data: 15/07/2022

  • Mostrar Resumo
  •  

    Interações mutualísticas são aquelas com efeitos positivos para todos envolvidos e esse incrível processo é sabidamente um dos principais pilares que estruturam as comunidades biológicas. Nessa perspectiva, as análises de redes ecológicas surgem como promissora ferramenta, incluindo as interações entre as espécies como uma camada adicional para desvendar processos ecológicos. Dessa forma, nessa tese -em desenvolvimento-, utilizando abordagens de redes ecológicas, avaliamos interações mutualísticas entre aves e plantas.  O documento encontra-se dividido em três capítulos: no primeiro “Influence of sampling methods on the description of a neotropical seed dispersal network”, abordamos como diferentes métodos de amostragem podem comprometer a intepretação da rede avaliada. Entre nossas descobertas, destacamos que a escolha do método, fitocentrico ou zoocentrico, influencia significativamente a caracterização das redes, com implicações estruturais e a nível de espécie. No capítulo 2: “Core-periphery roles of birds in a Neotropical seed dispersal network is determined by abundance”, descrevemos a rede de dispersão de sementes de uma área preservada e identificamos entre as aves, aquelas com posições “núcleo” bem como quais são os principais determinantes ecológicos que podem influenciar nesse posicionamento. Nossos resultados apontaram uma rede com estrutura modular e formação core-periphery. A partir da congruência de diferentes framewoks, destacamos Ramphocelus carbo e Pipra fasciicauda como umas das espécies mais centrais da rede, e evidenciamos que mesmo sendo um sistema de interações estabelecido em área preservada, a abundância foi um dos principais determinantes de papeis estruturais assumidos pelas aves. No terceiro capítulo: “Assessing the ecological determinants of interactions to plan for urban greening: an example with a plant-hummingbird network”, nós descrevemos uma um sistema estabelecido em ambiente urbano e, de maneira pioneira, identificamos os principais drivers ecológicos que governam as interações entre beija-flores e plantas de um ambiente antropizado. Evidenciamos que entre os mecanismos de neutralidade e nicho, os fatores fenológicos (nicho) foram os mais explicativos. Além disso, avaliando a robustez desse sistema utilizando um recente modelo de rearranjo pós simulações de extinções locais, descobrimos que a perda/retirada de plantas nativas em detrimento as exóticas, afeta mais a estrutura da rede e o mecanismo de matching morfológico entre as espécies (nicho), promove maior robustez.


  • Mostrar Abstract
  • Mutualistic interactions are those with positive effects for everyone involved and this incredible process is known to be one of the main pillars that structure biological communities. From this perspective, ecological network analysis emerges as a promising tool, including interactions between species as an additional layer to unravel ecological processes. Thus, in this thesis -under development-, using ecological network approaches, we evaluated mutualistic interactions between birds and plants. The document is divided into three chapters: in the first one “Influence of sampling methods on the description of a neotropical seed dispersal network”, we discuss how different sampling methods can compromise the interpretation of the evaluated network. Among our findings, we highlight that the choice of method, phytocentric or zoocentric, significantly influences the characterization of networks, with structural and species-level implications. In chapter 2: “Core-periphery roles of birds in a Neotropical seed dispersal network is determined by abundance”, we describe the seed dispersal network of a preserved area and identify, among the birds, those with “core” positions as well as which ones are the main ecological determinants that can influence this positioning. Our results pointed to a network with a modular structure and core-periphery formation. From the congruence of different framewoks, we highlight Ramphocelus carbo and Pipra fasciicauda as one of the most central species of the network, and we show that even though it is a system of interactions established in a preserved area, abundance was one of the main determinants of structural roles assumed by birds. . In the third chapter: “Assessing the ecological determinants of interactions to plan for urban greening: an example with a plant-hummingbird network”, we describe an established system in an urban environment and, in a pioneering way, we identify the main ecological drivers that govern the interactions between hummingbirds and plants in an anthropized environment. We showed that among the mechanisms of neutrality and niche, the phenological factors (niche) were the most explanatory. Furthermore, evaluating the robustness of this system using a recent rearrangement model after local extinction simulations, we found that the loss/removal of native plants to the detriment of exotic plants affects more the structure of the network and the morphological matching mechanism between species ( niche), promotes greater robustness.

2021
Dissertações
1
  • ALEXANDRE FORGIARINI BASTOS ANICETO
  • Avaliação de técnicas de restauração ecológica com espécies  
    nativas em área de nascentes degradadas no Pantanal  
    Matogrossense.

  • Orientador : SOLANGE KIMIE IKEDA CASTRILLON
  • Data: 06/05/2021

  • Mostrar Resumo
  • O objetivo deste trabalho foi avaliar diferentes técnicas de semeadura direta (em covas e a  
    lanço), bem como identificar a influência da transposição de serapilheira pós semeadura, para  
    emergência e estabelecimento de espécies nativas em trabalho de restauração ecológica numa  
    área de nascentes degradadas no município de Cáceres-MT. No experimento aqui apresentado
    foram analisadas, duas técnicas de semeadura direta (em covas e a lanço), em dois ambientes  
    distintos (com e sem a transposição de serapilheira), utilizando três espécies de plantas nativas,
    (Jacaranda cuspidifolia Mart., Sterculia apetala (Jaqc.) H. Karst., Vochysya divergens Pohl.),  
    em esquema fatorial (2x2) em uma área de nascentes degradada. Sendo quatro tratamentos: T1
    semeadura direta em covas, T2 semeadura direta em covas com serapilheira, T3 semeadura  
    direta a lanço e o T4 semeadura direta a lanço com serapilheira, com oito repetições cada. A
    emergência, estabelecimento foram monitorados por três meses e tiveram medidos altura,  
    diâmetro do colo e número de folhas por dez meses. Para a espécie S. apetala, o melhor  
    tratamento foi o T2, obtendo melhores valores em todos os parâmetros analisados nesse
    experimento. Para a espécie J. cuspidifolia T4 se mostrou mais eficiente para porcentagem de  
    emergência, estabelecimento, índice de velocidade de emergência, tempo médio de emergência,  
    já para as médias de altura e diâmetro do colo número de folhas e taxa de sobrevivência o T3  
    demonstrou ser mais promissor. Para a espécie V. divergens o tratamento que obteve melhores  
    valores em todos parâmetros analisados no experimento foi o T4. Sementes grandes apresentam  
    melhores taxas de germinação e emergência em campo, utilizando a técnica de semeadura  
    direta, quando comparadas com sementes pequenas, A serapilheira transposta após a semeadura  
    direta influenciou positivamente na emergência, estabelecimento e proporcionou plantas com  
    maior vigor ao final do experimento. Mostrando ser uma possibilidade para melhorar as chances  
    de emergência e estabelecimento de espécies com sementes pequenas, usadas em trabalho de  
    recuperação florestal. Assim, consideramos que o uso da transposição de serapilheira pode ser  
    um dos métodos auxiliares eficientes na restauração ecológica.


  • Mostrar Abstract
  • The objective of this work was to evaluate different techniques of direct seeding (in holes and the haul), as well as to identify the influence of litter transposition after sowing, to emergence and establishment of native species in ecological restoration work in a area of degraded springs in the municipality of Cáceres-MT. In the experiment presented here two direct sowing techniques (in holes and by broadcast) were analyzed in two different environments. (with and without litter transposition), using three species of native plants, (Jacaranda cuspidifolia Mart., Sterculia apetala (Jaqc.) H. Karst., Vochysya divergens Pohl.), in a factorial scheme (2x2) in a degraded spring area. Being four treatments: T1 direct seeding in holes, T2 direct seeding in holes with litter, T3 seeding direct seeding by broadcast and T4 direct seeding by broadcast with litter, with eight replications each. THE emergency, establishment were monitored for three months and had height, collar diameter and number of leaves for ten months. For the species S. apetala, the best treatment was T2, obtaining better values in all parameters analyzed in this experiment. For the species J. cuspidifolia T4 was more efficient for the percentage of emergency, establishment, emergency speed index, average emergency time, for the average height and diameter of the collar, number of leaves and survival rate, T3 proved to be more promising. For the species V. divergens the treatment that obtained the best values in all parameters analyzed in the experiment was T4. Large seeds have better germination and emergence rates in the field, using the sowing technique direct, when compared with small seeds, The litter transposed after sowing direct influence positively on emergence, establishment and provided plants with greater vigor at the end of the experiment. Showing to be a possibility to improve the chances emergence and establishment of species with small seeds, used in forest recovery. Thus, we consider that the use of litter transposition can be one of the efficient auxiliary methods in ecological restoration.

2
  • SARAH CAVALARI LADEIA
  • O USO DE FAIXAS DE PLANTAS ATRATIVAS PARA CONSERVAÇÃO DE POLINIZADORES E INIMIGOS NATURAIS NA CULTURA DE TOMATE E BERINJELA

  • Orientador : CARLA GALBIATI
  • Data: 28/05/2021

  • Mostrar Resumo
  • A gestão de habitats em paisagens agrícolas para incluir diversidade de espécies  
    de plantas com flores são importantes para aumentar ou manter as funções  
    múltiplas, tais como polinização e controle biológico. Diante do exposto, o  
    objetivo principal deste estudo foi avaliar o efeito de flores atrativas sobre os  
    serviços ambientais de regulação por insetos (polinização e controle biológico)  
    em duas espécies de solanáceas, o tomate (Solanum lycopersicum L.) e a  
    berinjela (Solanum melongena L.). O estudo da dissertação foi divido em dois  
    artigos: o primeiro artigo foi realizado em tomate comercial de (6200 m²) no  
    município de São José dos Quatro Marcos (Mato Grosso, Brasil). O delineamento  
    experimental foi inteiramente casualizado com 15 parcelas de 5 x 4 metros,  
    constituídas por 16 plantas de tomate, com dois tratamentos 1) tomate sem faixa  
    de flores atrativas (controle); 2) tomate com faixa flores atrativas de coentro e  
    sorgo. A amostragem dos insetos polinizadores e inimigos naturais foi realizada  
    com armadilha do tipo Bee bowls e coleta ativa durante 8 dias no florescimento  
    do coentro e 8 dias no do sorgo. A produção do tomate foi verificada pelo peso  
    dos frutos de 8 plantas/parcela. Os dados foram analisados pelo Teste t para  
    comparar a riqueza e a abundância de insetos entre os tratamentos. A produção  
    de tomate foi analisada por regressão múltipla para verificar o efeito dos  
    tratamentos (x1), da diversidade de insetos (x2) e da interação x1:x2. A  
    abundância de inimigos naturais foi maior no tomate com faixa atrativa com flores  
    de coentro (p= 0,03) e a riqueza de polinizadores foi maior no tomate com faixa  
    de flores de sorgo (p= 0,05). O efeito das duas faixas de flores consorciadas  
    (coentro + sorgo) aumentou em três vezes a abundância total de inimigos  
    naturais (IN) no tomate com faixas de flores (p= 0,04). A produção do tomate não  
    respondeu ao uso de faixas de flores atrativas e a diversidade de insetos. O  
    segundo artigo foi realizado em plantio de berinjela (2320 m2
    ) no município de  
    Cáceres (Mato Grosso, Brasil). O delineamento amostral foi inteiramente  
    casualizado composto por 2 tratamentos, testemunha (berinjela sem faixa de  
    flores atrativas, parcelas) e berinjela + faixa de flores sorgo com 5 repetições e  
    o total de 10 parcelas. Para amostragem dos insetos benéficos foi utilizada a  
    mesma metodologia do primeiro artigo. A produção do tomate foi verificada pelo  
    peso dos frutos, tamanho (cm), diâmetro e número de frutos em 10  
    plantas/parcela. As análises estatísticas foram as mesmas usadas no primeiro  
    artigo. Tanto na avaliação de inimigos naturais como na de polinizadores a  
    riqueza e abundância foram maiores nas parcelas que continham faixas de flores  
    atrativas de sorgo. A produção de berinjela em tamanho de frutos foi favorecida
    pela abundância de inimigos naturais e número de frutos pelo método de  
    polinização aberta. Assim, o plantio de faixas de flores atrativas de coentro e sorgo em cultivo de tomate e de sorgo em berinjela tem o potencial em favorecer  
    o aumento dos serviços de controle biológico e de polinização.


  • Mostrar Abstract
  • Habitat management in agricultural landscapes to include species diversity of flowering plants are important to increase or maintain functions. multiple, such as pollination and biological control. Given the above, the The main objective of this study was to evaluate the effect of attractive flowers on the insect regulation environmental services (pollination and biological control) in two nightshade species, the tomato (Solanum lycopersicum L.) and the eggplant (Solanum melongena L.). The dissertation study was divided into two articles: the first article was carried out in commercial tomatoes (6200 m²) in the municipality of São José dos Quatro Marcos (Mato Grosso, Brazil). the design experimental was completely randomized with 15 plots of 5 x 4 meters, consisting of 16 tomato plants, with two treatments 1) tomato without strip of attractive flowers (control); 2) tomato striped with attractive flowers of coriander and sorghum. The sampling of pollinating insects and natural enemies was performed with Bee bowls trap and active collection for 8 days at flowering for coriander and 8 days for sorghum. Tomato production was verified by weight of the fruits of 8 plants/plot. Data were analyzed by t-test for compare the richness and abundance of insects between treatments. The production of tomato was analyzed by multiple regression to verify the effect of treatments (x1), insect diversity (x2) and x1:x2 interaction. THE abundance of natural enemies was greater in tomatoes with attractive stripes with flowers of coriander (p = 0.03) and the richness of pollinators was higher in striped tomato of sorghum flowers (p=0.05). The effect of the two bands of flowers intercropping (cilantro + sorghum) increased the total abundance of enemies by three times natural (IN) in tomato with flower bands (p= 0.04). Tomato production does not responded to the use of attractive flower bands and insect diversity. O second article was carried out in eggplant plantation (2320 m2 ) in the municipality of Cáceres (Mato Grosso, Brazil). The sample design was entirely randomized design consisting of 2 treatments, control (eggplant without attractive flowers, plots) and eggplant + sorghum flower strip with 5 repetitions and the total of 10 installments. For sampling of beneficial insects, the same methodology as the first article. Tomato production was verified by fruit weight, size (cm), diameter and number of fruits in 10 plants/plot. Statistical analyzes were the same used in the first article. Both in the evaluation of natural enemies and in pollinators a richness and abundance were greater in the plots that contained flower bands sorghum attractants. Eggplant production in fruit size was favored by the abundance of natural enemies and number of fruits by the method of open pollination. Thus, the planting of attractive flower strips of coriander and sorghum in tomato and sorghum in eggplant has the potential to favor the increase in biological control and pollination services.

3
  • TATIANE AMORIM DE MATOS
  • “PERFIL
    SOCIOAMBIENTAL DE IDOSOS DE UMA REGIÃO DO PANTANAL MATOGROSSENSE: UM
    ESTUDO DAS ENDOPARASITOSES”

  • Orientador : ANTONIO FRANCISCO MALHEIROS
  • Data: 18/07/2021

  • Mostrar Resumo
  • Como o processo natural do envelhecimento, o idoso apresenta mudanças
    morfofisiológicas e imunológicas deixando o mais susceptível as diversas ooinfecções
    parasitárias. As endoparasitoses constituem um problema de saúde pública no Brasil,
    apresentando variações de acordo com as condições de saneamento básico, nível
    socioeconômico, grau de escolaridade, idade e hábitos de higiene, entre outras
    variáveis. O objetivo geral deste trabalho foi analisar a prevalência de endoparasitas
    em idosos frequentadores do Centro de Convivência e idosos e funcionários da
    Instituição de Longa Permanência no município de Cáceres-MT. As amostras foram
    analisadas empregando três técnicas laboratoriais, sendo elas: Hoffmann, Ritchie e
    técnica de coloração Safranina modificado, no laboratório de Biologia Parasitaria da
    Universidade do Estado do Mato Grosso (UNEMAT). As prevalências de parasitas
    intestinais foram: entre os idosos do Centro de Convivência (46,98%), idosos da
    Instituição de Longa Permanência (83,33%) e funcionários (84,61%). Os
    endoparasitas Criptosporidium sp., Cyclospora sp. e Giardia lamblia foram os mais
    prevalentes, com 22%, 19% e 18%, respectivamente. Esse estudo avaliou ainda as
    características sociodemográficas e hábitos de higiene pessoal dos idosos do Centro
    de Convivência e dos funcionários da ILP. Os resultados sugeriram uma condição
    epidemiológica preocupante da população idosa da ILP pois os altos índices de
    prevalência tanto nos idosos quanto nos funcionários evidenciam o alto risco de
    infecção e reinfecção nesse ambiente e mostra a necessidade de programas
    educacionais de conscientização das práticas higiênicas e de atenção básica a saúde
    da população idosa nessas instituições.


  • Mostrar Abstract
  • As the natural aging process, the elderly presents changes morphophysiological and immunological leaving the most susceptible to various ooinfections parasitic. Endoparasitosis is a public health problem in Brazil, showing variations according to basic sanitation conditions, level socioeconomic status, level of education, age and hygiene habits, among others variables. The general objective of this work was to analyze the prevalence of endoparasites in seniors who attend the Living Center and seniors and employees of the Long-stay institution in the city of Cáceres-MT. The samples were analyzed using three laboratory techniques, namely: Hoffmann, Ritchie and modified Safranina staining technique in the Parasitic Biology laboratory at Mato Grosso State University (UNEMAT). The prevalence of parasites intestinal were: among the elderly of the Living Center (46.98%), elderly of the Long-stay Institution (83.33%) and employees (84.61%). You endoparasites Cryptosporidium sp., Cyclospora sp. and Giardia lamblia were the most prevalent, with 22%, 19% and 18%, respectively. This study also evaluated the sociodemographic characteristics and personal hygiene habits of the elderly at the Center Coexistence and ILP employees. The results suggested a condition epidemiological concern of the elderly population of the ILP because the high rates of prevalence in both the elderly and employees show the high risk of infection and reinfection in this environment and shows the need for programs educational awareness of hygienic practices and primary health care of the elderly population in these institutions.

4
  • BRUNA DOS SANTOS FRANÇA
  • ESTRUTURA E DINÂMICA DE ALGAS PERIFÍTICAS NO
    PANTANAL MATO-GROSSENSE: POTENCIAL BIOINDICADOR
    DAS CONDIÇÕES AMBIENTAIS

  • Data: 04/09/2021

  • Mostrar Resumo
  • Estudos ecológicos relativos ao perifíton, particularmente em ecossistemas
    aquáticos tropicais brasileiros são importantes ferramentas para o conhecimento
    da integridade biótica e auxiliam no desenvolvimento de diagnósticos das causas
    dos problemas ambientais, sendo utilizados por exemplo como indicador da
    qualidade da água e de seu estado trófico. Este trabalho teve como objetivo
    analisar a estrutura e dinâmica de algas perifíticas em diferentes escalas
    temporais e espaciais no Pantanal, Brasil. A comunidade de algas perifíticas foi
    avaliada em substratos naturais (macrófitas aquáticas) em área de inundação
    tropical, especificamente na Estação Ecológica de Taiamã, que se encontra na
    Bacia do Alto Rio Paraguai, Pantanal Mato-grossense. Na primeira abordagem,
    foram avaliados a dinâmica da diversidade taxonômica e funcional de
    diatomáceas a partir de filtros ambientais e a contribuição da diversidade
    funcional em área alagável tropical. Verificamos uma variação significante entre
    traços funcionais das comunidades nos diferentes períodos hidrológicos (cheia,
    vazante, estiagem e enchente) e uma substituição de espécies entre anos
    (diversidade taxonômica), sem que a comunidade perca sua característica
    funcional em cada fase do pulso de inundação, logo, indicamos a importância da
    determinação de traços funcionais em planícies de inundação. Na segunda
    abordagem, foram avaliados o potencial de metilação de mercúrio (Hg) no
    perifiton radicial de três espécies de macrófitas aquáticas: Paspalun repens P.J.
    Bergious, Salvinia auriculata Aubl., Eichhornia crassipes (Mart) Solms em
    relação ao indice trófico da comunidade perifitica em uma área de inundação
    tropical. As produções primárias de metilmercúrio no perifíton associado as
    raízes das macrófitas em estudo variaram entre as espécies, além disso foi
    verificado uma diminuição da produção primária de metilmercúrio conforme o
    aumento do índice trófico, o que indica a influência de produtores primários do
    perifíton nas taxas de metilação de mercúrio nos rizomas de macrófitas.
    Concluímos, que os resultados deste estudo contribuem para formação de dados
    sobre a comunidade perifítica e suas interações ecológicas, que podem servir
    como referências para intervenções que visem o manejo do sistema Pantanal,
    como na utilização de seus recursos hídricos, pois a dinâmica da comunidade é
    regulada pelas condições ambientais e o seu conhecimento pode auxiliar na
    avaliação da qualidade dos ecossistemas aquáticos.


  • Mostrar Abstract
  • Ecological studies relating to periphyton, particularly in ecosystems Brazilian tropical waters are important tools for knowledge of biotic integrity and assist in the development of diagnoses of causes of environmental problems, being used for example as an indicator of water quality and its trophic state. This work aimed to analyze the structure and dynamics of periphytic algae at different scales temporal and spatial in Pantanal, Brazil. The periphytic algae community was evaluated on natural substrates (aquatic macrophytes) in a flood area tropical, specifically in the Taiamã Ecological Station, which is located in the Upper Paraguay River Basin, Pantanal Mato Grosso. In the first approach, the dynamics of taxonomic and functional diversity of diatoms from environmental filters and the contribution of diversity functional in tropical wetland. We found a significant variation between functional traits of communities in different hydrological periods (flood, ebb, drought and flood) and a replacement of species between years (taxonomic diversity), without the community losing its characteristic functional in each phase of the flood pulse, so we indicate the importance of determination of functional traits in floodplains. On Monday approach, the potential for mercury (Hg) methylation in the radicial periphyton of three species of aquatic macrophytes: Paspalun repens P.J. Bergious, Salvinia auriculata Aubl., Eichhornia crassipes (Mart) Solms in relation to the trophic index of the peripheral community in a flood area tropical. The primary productions of methylmercury in the periphyton associated with roots of the macrophytes under study varied between species, in addition to verified a decrease in the primary production of methylmercury as the increase in the trophic index, which indicates the influence of primary producers in the periphyton on mercury methylation rates in macrophyte rhizomes. We conclude that the results of this study contribute to data formation about the periphytic community and its ecological interactions, which can serve as references for interventions aimed at managing the Pantanal system, as in the use of its water resources, as the dynamics of the community are regulated by environmental conditions and your knowledge can help in assessment of the quality of aquatic ecosystems.

5
  • RAQUEL SANTOS BATISTA
  • MACROINVERTEBRADOS BENTÔNICOS COMO INDICADORES BIOLÓGICOS DA QUALIDADE AMBIENTAL NO PANTANAL NORTE, CÁCERES-MT, BRASIL.

  • Orientador : ERNANDES SOBREIRA OLIVEIRA JUNIOR
  • Data: 07/09/2021

  • Mostrar Resumo
  • Os invertebrados aquáticos têm grande importância ecológica nos ambientes de água doce, participando de forma decisiva nos processos de fragmentação e decomposição da matéria orgânica. A identificação da macrofauna aquática é bastante significativa na determinação da qualidade ambiental mediante o uso de índices de biomonitoramento. Pesquisadores e empresas do mundo todo têm utilizado macroinvertebrados como peças para a qualificação ambiental por serem considerados bons indicadores biológicos, devido a sua sensíbilidade respondem as variações ambientais, os quais, de acordo com as famílias ali presentes recebem uma nota que serve para a criação e adaptação de índices de biomonitoramento de qualidade ambiental. Sendo assim, essa pesquisa objetiva investigar a biodiversidade de macroinvertebrados bentônicos em ambientes com diferentes graus de antropização, bem como qualificar sua eficiência e adequação de índices bióticos de avaliação em áreas úmidas tropicais na cidade de Cáceres, Mato Grosso. No primeiro trabalho foi realizada uma revisão cienciométrica de artigos científicos indexados nas bases de dados Scopus, ScienceDirect e Scielo, em um intervalo de 2000 a 2020; o segundo artigo, trata da descrição da diversidade da comunidade com uso dos indicadores de qualidade ambiental. Os resultados da pesquisa em análise cienciométrica mostraram uma produção científica de 314 artigos, dentre os quais, 60 índices bióticos foram abordados. Dentre estes, o EPT (Ephemeroroptera, Plecoptera e Trichoptera) foi o mais utilizado nas pesquisas científicas. Entre os índices encontrados, o único que apresentou tendência de uso para os próximos anos foi o ASPT (Average Score Per Taxon). Os índices estudados representam opções de monitoramento hídrico que, com adaptações, podem ser utilizados em diferentes climas e bacias hidrográficas do mundo. O segundo trabalho consiste em coleta de campo, realizada em oito locais (rio Paraguai, córregos urbanos, córrego Caramujo, lagos de dessedentação e Estação ecológica de Taiamã (UC- Campo, UC- Rio Paraguai e UC- rio Bracinho). Os macroinvetebrados foram coletados com auxílio de uma draga de Van Veen e no Laboratório foram analisados e identificados até o nível taxonômico de família. Para a tomada de dados das variáveis limnológicas, utilizou-se uma sonda multiparamétrica além da coleta de água para análise de nitrogênio e fósforo. A macrofauna foi reprentada por 2.210 indivíduos e a maior abundância foi encontrada em locais mais preservados. Relações positivas e estatisticamente significativas para o oxigênio dissolvido, temperatura da água e protocolo de avaliação rápida-PAR foram encontradas com a densidade de organismos (ind/m²). Os resultados demonstraram que o EPT e IBF (Índice Bentônico da Família) foram os melhores que condizem com a realidade dos ambientes, correspondente com os resultados do PAR. A análise de componentes principais (PCA) caracterizou cada ambiente com variáveis distintas. Podemos concluir que, para caracterização mais robusta dos ambientes aquáticos é necessário aplicação de vários índices bióticos em conjunto com as variáveis físicas e químicas, e assim fortalecer o monitoramento da qualidade ambiental bem como a criação de índices biológicos.


  • Mostrar Abstract
  • Aquatic invertebrates are of great ecological importance in freshwater environments, participating decisively in the processes of fragmentation and decomposition of organic matter. The identification of the aquatic macrofauna is quite approximately in determining the environmental quality through the use of biomonitoring indices. Researchers and companies from all over the world have used macroinvertebrates as pieces for environmental qualification because they are considered good biological indicators, due to their sensitivity they respond to environmental variations, which, according to the families present there, receive a note that serves for the creation and adaptation of environmental quality biomonitoring indexes. Therefore, this research aims to investigate the biodiversity of benthic macroinvertebrates in environments with different degrees of anthropization, as well as to qualify their efficiency and suitability of biotic indexes of assessment in tropical humid areas. The first work was carried out a scientometric review of scientific articles indexed in the Scopus, ScienceDirect and Scielo databases in an interval from 2000 to 2020; the second article deals with the description of the community's diversity using environmental quality indicators. The results of the research in scientometric analysis showed a scientific production of 314 articles, among which 60 biotic indexes were addressed. Among these, EPT (Ephemeroroptera, Plecoptera and Trichopter) was the most used in scientific research. Among the indexes found, the only one that showed a trend of use for the coming years was the ASPT (Average Score Per Taxon). The studied indices represent water monitoring options that, with adaptations, can be used in different climates and hydrographic basins in the world, carried out in eight locations (Paraguay River, urban streams, Caramujo streams, water ponds and Taiamã Ecological Station (UC- Campo, UC- Rio Paraguai and UC- Rio Bracinho,). Macroinvertebrates were samples using a Van Veen dredge and at the Laboratory, families were analyzed and identified. To take data on the limnological variables, a multiparametric probe was used in addition to the samples of water for the analysis of nitrogen and phosphorus. The macrofauna was represented by 2.210 individuals and the greatest abundance was found in more preserved places, there were positive and statistically significant relationships for dissolved oxygen, water temperature and rapid assessment protocol-RAP with the density of the organisms (ind/m²). The results showed that the indexes EPT and IBF (Benthic Family Index) were the best that match the reality of the environments, corresponding to the results of the RAP. The principal component analysis (PCA) characterized each environment with distinct variables. We can conclude that, for a more robust characterization of aquatic environments, it is necessary to apply several biotic indices together with the physical and chemical variables, thus strengthening the monitoring of environmental quality as well as the creation of biological indexes.

6
  • MICHELLE DO ESPIRITO SANTO BERTOLINO
  •  

    Dieta de Brycon hilarii e seu papel na conservação das florestas inundáveis em uma Unidade de Conservação”

  • Orientador : CLAUMIR CESAR MUNIZ
  • Data: 15/10/2021

  • Mostrar Resumo
  • Estudos relacionados a dieta de peixes contribuem para o conhecimento da biologia  
    das espécies, além de auxiliarem na investigação da ecologia trófica, competição e  
    predação dos peixes. No Pantanal, há indícios de antropização nos ambientes, que  
    afetam principalmente as populações ícticas, dentre os quais as cevas em ambientes  
    naturais que podem causar exagerado ganho calórico, sendo prejudicial para a saúde  
    dos peixes. O objetivo deste trabalho, dividido em 2 capítulos, foi analisar a dieta de  
    Brycon hilarii (Valenciennes, 1850), durante os quatro períodos hidrológicos,
    verificando as relações ecológicas dos espécimes coletados nos trechos de Rio  
    Paraguai/Porto Estrela, Rio Sepotuba e Estação Ecológica de Taiamã (EET). Foi  
    amostrado um total de 558 exemplares em campanhas mensais, durante os quatro  
    períodos do ciclo hidrológico no ano de 2013 a 2015 para o artigo 1 e no ano de 2019  
    a 2020 para o artigo 2. Os exemplares foram capturados com varas de bamboo, anzol,  
    linha de diferentes medidas e iscas naturais. Em seguida, acondicionados em caixas  
    térmicas e encaminhados para o laboratório, onde foram aferidos os dados  
    biométricos e retirados os estômagos para as análises. Os resultados do primeiro  
    artigo, evidenciam que Erythrina fusca Lour. (abobreiro), é o principal item alimentar  
    da dieta de B. hilarii. Durante a enchente foi observado um IAi de 95% e na cheia 60%.
    Além disso, B. hilarii mostrou ser especialista em se alimentar de E. fusca durante a  
    enchente, sendo generalista durante os períodos de cheia, vazante e estiagem. No  
    segundo artigo, os resultados mostram que a dieta de B. hilarii é a base de milho e  
    soja, nos trechos de rio Paraguai/Porto Estrela e rio Sepotuba, já na EET, a dieta  
    consiste em insetos, material dissolvido e restos vegetais. Assim, concluímos que os  
    períodos hidrológicos propiciam uma diversificação acentuada na oferta de itens  
    alimentares. Porém, devido a monodominância de E. fusca na EET, houve uma maior  
    disponibilidade deste item em sua dieta. No segundo artigo, B. hilarii pode-se concluir  
    que B. hilarii se mostra como especialista-oportunista, o que significa que, na  
    presença de ceva, tem preferência por este item, o que ocasiona uma desestruturação  
    em sua relação trófica.


  • Mostrar Abstract
  • Tipos de tradução

    Tradução de textos

     
     
     

    Texto de origem

     
     
     
    2294 / 5000
     
     

    Resultados de tradução

    Studies related to fish diet contribute to the knowledge of biology species, in addition to assisting in the investigation of trophic ecology, competition and fish predation. In the Pantanal, there are signs of anthropization in the environments, which affect mainly fish populations, including bare in environments natural that can cause exaggerated caloric gain, being harmful to health of fish. The objective of this work, divided into 2 chapters, was to analyze the diet of Brycon hilarii (Valenciennes, 1850), during the four hydrological periods, verifying the ecological relationships of the specimens collected in the stretches of Rio Paraguay/Porto Estrela, Sepotuba River and Taiamã Ecological Station (EET). Was sampled a total of 558 copies in monthly campaigns, during the four periods of the hydrological cycle in the year 2013 to 2015 for article 1 and in the year 2019 to 2020 for article 2. The specimens were captured with bamboo poles, hook, line of different measures and natural baits. Then packed in boxes and sent to the laboratory, where the data were measured biometrics and stomachs removed for analysis. The results of the first article, show that Erythrina fusca Lour. (zucchini), is the main food item of the diet of B. hilarii. During the flood an IAi of 95% was observed and during the flood 60%. In addition, B. hilarii proved to be an expert in feeding on E. fusca during the flood, being a generalist during periods of flood, ebb and drought. At the second article, the results show that the diet of B. hilarii is based on corn and soy, in the stretches of the Paraguai/Porto Estrela and Sepotuba rivers, in the TSE, the diet consists of insects, dissolved material and plant debris. Thus, we conclude that the hydrological periods provide a marked diversification in the supply of items food. However, due to the monodominance of E. fusca in the TSE, there was a greater availability of this item in your diet. In the second article, B. hilarii can be concluded that B. hilarii shows itself as an opportunist-specialist, which means that, in the presence of barley, has a preference for this item, which causes a disruption in their trophic relationship.
7
  • SEBASTIÃO LEMES
  •  

    “Composição, Estrutura e Dinâmica da Comunidade Arbórea em Florestas na Estação Ecológica da Serra das Araras, Mato Grosso, Brasil”

  • Orientador : MARIA ANTONIA CARNIELLO
  • Data: 29/12/2021

  • Mostrar Resumo
  • Os estudos sobre a dinâmica são importantes para que possamos entender as  
    características e estrutura de uma comunidade vegetal. A dinâmica florestal é  
    um processo pelo qual a floresta se mantém equilibrada, contribuindo com  
    importantes características da comunidade vegetal mantendo a estrutura e  
    composição ao longo dos anos. O atual estado de um ambiente florestal é  
    resultante das interações de diversos processos, o crescimento, a mortalidade e  
    a regeneração. Este trabalho objetivou avaliar a composição, estrutura e  
    dinâmica do componente arbóreo em áreas de formação florestal em dois  
    hectares na Estação Ecológica da Serra das Araras (Esec da Serra das Araras.  
    Foram utilizados dados de dois censos (2016 e 2019), em duas parcelas  
    permanentes de 100 X 100 m denominadas ESA-02 e ESA-03. O critério de  
    inclusão foi o diâmetro ≥ 10 cm à altura de 1,30 m do solo. Os descritores  
    fitossociológicos utilizados foram: densidade relativa, frequência relativa,  
    dominância relativa e valor de importância. Para a diversidade florística utilizouse Shannon-Wiener (H’) e para Equabilidade Pielou (J’). Para comparar os dados  
    de diâmetro, altura, área basal e número de árvores entre os censos utilizamos  
    teste-t. Para esta comunidade foram analisadas as classes de sucessão  
    ecológica. Foram catalogados em 2016, 694 indivíduos, 109 espécies, 79  
    gêneros e 39 famílias. Em 2019 nas mesmas áreas 614 indivíduos, 104 espécies,  
    78 gêneros e 38 famílias. A estrutura diamétrica da ESA-02 é mais heterogênea  
    que a ESA-03. Na área basal para ESA-02 e ESA-03 houve ganho na média, de  
    um censo para outro. A mortalidade ocorreu nos indivíduos que apresentaram  
    maior diâmetro. O presente estudo permitem inferir que a floresta se mantém  
    equilibrada, contribuindo com importantes características da comunidade vegetal  
    mantendo a estrutura e composição ao longo dos anos e mantendo o atual  
    estado de um ambiente florestal que é resultante das interações de diversos  
    processos em especial o crescimento, a mortalidade das plantas.


  • Mostrar Abstract
  • Studies on dynamics are important for us to understand the characteristics and structure of a plant community. The forest dynamics is a process by which the forest remains balanced, contributing with important characteristics of the plant community maintaining the structure and composition over the years. The current state of a forest environment is resulting from the interactions of various processes, growth, mortality and the regeneration. This work aimed to evaluate the composition, structure and dynamics of the arboreal component in areas of forest formation in two hectares in the Serra das Araras Ecological Station (Esec da Serra das Araras. Data from two censuses (2016 and 2019) were used, in two parcels 100 X 100 m permanent standings designated ESA-02 and ESA-03. The criterion of inclusion was a diameter ≥ 10 cm at a height of 1.30 m from the ground. the descriptors phytosociologicals used were: relative density, relative frequency, relative dominance and importance value. For floristic diversity, Shannon-Wiener (H’) and Pielou (J’) were used. to compare the data of diameter, height, basal area and number of trees between the censuses we used t-test. For this community, the succession classes were analyzed. ecological. In 2016, 694 individuals, 109 species, 79 were cataloged. genera and 39 families. In 2019 in the same areas 614 individuals, 104 species, 78 genera and 38 families. The diametric structure of the ESA-02 is more heterogeneous than ESA-03. In the basal area for ESA-02 and ESA-03 there was an average gain of one census to another. Mortality occurred in individuals who presented larger diameter. The present study allows us to infer that the forest remains balanced, contributing important characteristics of the plant community maintaining the structure and composition over the years and keeping the current state of a forest environment that results from the interactions of several processes in particular growth, plant mortality.

8
  • VALERIA LUCELIA DE OLIVEIRA CORREA
  • Dinâmica de carbono subterrâneo no Cerrado stricto sensu da Estação Ecológica  
    da Serra das Araras, sob diferentes históricos de fogo

  • Data: 30/12/2021

  • Mostrar Resumo
  • @font-face{ font-family:"Times New Roman"; }@font-face{ font-family:"宋体"; }@font-face{ font-family:"Calibri"; }@font-face{ font-family:"Arial"; }p.MsoNormal{ mso-style-name:Normal; mso-style-parent:""; margin-bottom:10,0000pt; line-height:114%; font-family:Calibri; mso-bidi-font-family:'Times New Roman'; font-size:11,0000pt; }p.MsoHeader{ mso-style-name:Cabeçalho; mso-style-noshow:yes; margin-bottom:0,0000pt; font-family:Calibri; mso-bidi-font-family:'Times New Roman'; font-size:11,0000pt; }span.msoIns{ mso-style-type:export-only; mso-style-name:""; text-decoration:underline; text-underline:single; color:blue; }span.msoDel{ mso-style-type:export-only; mso-style-name:""; text-decoration:line-through; color:red; }div.Section0{page:Section0;}

    O solo é um dos maiores reservatórios de carbono do ecossistema, conhecer a sua dinâmica, assim como quantificar o efluxo de CO2 para a atmosfera, possibilita não só a realização de cálculos de sequestro de carbono para aquele ecossistema, mas também auxilia na tomada de decisões na busca de mitigar as elevadas concentrações desse gás na atmosfera, uma vez que após a ocorrência de queimas, as emissões tendem a aumentar em virtude do carbono acumulado. O objetivo deste estudo foi analisar a variação do efluxo de CO2 do solo em áreas com diferentes históricos de fogo na Estação Ecológica da Serra das Araras, em Porto Estrela–MT, com o objetivo de aportar evidências sobre este importante processo em áreas de Cerrado. As áreas de estudo foram submetidas a queimas experimentais nos anos de 2018 e/ou 2019 (duas áreas queimadas por ano) e mantidas após estes eventos, em processo de regeneração natural. O efluxo foi mensurado mensalmente entre setembro de 2018 até março de 2020, com o auxílio de um analisador de gás infravermelho portátil, acoplado a uma câmara de retenção (EGM-4). O delineamento experimental consistiu em mensurar o efluxo de CO2 em 54 colares de respiração, distribuídos entre as seis áreas amostradas, sendo três áreas experimentais paralelas a três áreas de controle. Em cada área amostrada foi inserido um total de nove colares de respiração, cada um alocado um uma das nove sub-parcelas centrais. Mensuramos o efluxo de CO2 e registramos a variação sazonal nas emissões de CO2 entre os períodos de seca e chuva, pré e pós queima experimental, havendo uma sazonalidade climática que influencia o processo de respiração do solo, e a umidade é um dos fatores de maior influência. Os valores apresentados não seguiram a mesma sazonalidade em todas as áreas, embora nos primeiros seis meses que sucederam a queima, registramos maiores emissões de CO2 resultantes da respiração subterrânea nas áreas submetidas à queima experimental. Durante o período estudado os efluxos de CO2 do solo foram superiores nas áreas experimentais em relação às áreas de controle.


  • Mostrar Abstract
  •  

    The soil is one of the largest carbon reservoirs in the ecosystem, knowing its dynamics, as well as quantifying the efflux of CO2 into the atmosphere, allows not only to carry out carbon sequestration calculations for that ecosystem, but also helps in decision making in an attempt to mitigate the high concentrations of this gas in the atmosphere, since after the occurrence of burning, emissions tend to increase due to the accumulated carbon. The objective of this study was to analyze the variation of the efflux of CO2 from the soil in areas with different fire histories in the Serra das Araras Ecological Station, in Porto Estrela-MT, in order to provide evidence about this important process in Cerrado areas. The study areas were subjected to experimental burning in 2018 and/or 2019 (two burnt areas per year) and maintained after these events, in a process of natural regeneration. The efflux was measured monthly between September 2018 and March 2020, with the aid of a portable infrared gas analyzer, coupled to a retention chamber (EGM-4). The experimental design consisted of measuring the CO2 efflux in 54 breathing collars, distributed among the six sampled areas, with three experimental areas parallel to three control areas. In each sampled area, a total of nine breathing collars were inserted, each allocated one of the nine central sub-plots. We measured the efflux of CO2 and recorded the seasonal variation in CO2 emissions between periods of drought and rain, pre and post experimental burning, with a climatic seasonality that influences the soil respiration process, and moisture is one of the major factors influence. The values presented did not follow the same seasonality in all areas, although in the first six months after the burning, we registered higher CO2 emissions resulting from underground respiration in the areas subjected to experimental burning. During the period studied, the efflux of CO2 from the soil was higher in the experimental areas compared to the control areas.
Teses
1
  • ANDERNICE DOS SANTOS ZANETTI ESPINOSA
  • DIVERSIDADE, PREVALÊNCIA E DISTRIBUIÇÃO DE  
    ENTEROPARASITAS EM DIFERENTES HOSPEDEIROS  
    DE TRÊS BIOMAS BRASILEIROS

  • Orientador : ANTONIO FRANCISCO MALHEIROS
  • Data: 25/03/2021

  • Mostrar Resumo
  • ZANETTI, Andernice dos Santos. Diversidade, prevalência e distribuição de  
    enteroparasitas em diferentes hospedeiros de três biomas brasileiros.  
    Cáceres: UNEMAT, 2021. 186 p. (Tese – Doutorado em Ciências Ambientais)1
    .
    Objetivo: Analisar a prevalência, diversidade e distribuição de enteroparasitas  
    em animais domésticos e silvestres provenientes de três biomas brasileiros  
    (Pantanal, Amazônia e Cerrado), e as suas interações com os seres humanos.  
    Métodos: Estudo de diversidade biológica e de hospedeiros, com inferências de  
    relacionamento entre espécies de organismos. Foram utilizados métodos de  
    revisão sistemática e meta-análise de dados previamente publicados no Brasil
    acerca de infecções por Blastocystis spp. e Entamoeba spp. Foram realizadas  
    coletas de 410 amostras fecais de animais domésticos e silvestres de regiões  
    dos biomas brasileiros, Pantanal (155 amostras), Amazônia (131) e Cerrado
    (124). Exames coprológicos foram realizados com as técnicas de Hoffman e  
    Sheather. O teste qui-quadrado foi usado para avaliar diferenças significativas.  
    O índice de diversidade de Shannon mediu a diversidade, abundância e  
    equitabilidade das espécies de parasitas. Resultados: As análises  
    determinaram uma prevalência geral combinada de infecções por Blastocystis
    spp. em humanos no Brasil de 24% e por Entamoeba spp. de 22%. Dentre os
    animais, os mamíferos resultaram os mais prevalentes nas infecções por ambos  
    protozoários. Os subtipos de Blastocystis spp. identificados nos diferentes
    hospedeiros foram os compreendidos desde o ST1 até ST8. Dentre as espécies  
    identificadas de Entamoeba spp., E. coli resultou a mais prevalente com 86,5%,  
    E. dispar (7,9%), E. histolytica (3,1%) e E. hartmanni (1,9%). A prevalência geral  
    de infecção por parasitas intestinais nas 280 amostras coletadas dos diferentes  
    animais domésticos de produção e silvestres no estado foi de 79,64%. Os  
    animais domésticos de produção apresentaram uma positividade de 87% e os  
    animais silvestres 51%. Blastocystis spp. foi o protozoário mais prevalente  
    seguido do Complexo Entamoeba histolytica. Entre os helmintos os  
    ancilostomídeos foram os mais prevalentes, seguido de Ascaris spp. A  
    diversidade de espécies foi alta em todos os biomas, porém a análise de  
    diversidade e equitabilidade de Shannon registrou maiores índices no bioma  
    Pantanal (H=2,3143; E=0,7381), seguido da Amazônia (H=2.1483; E=0,7933) e  
    Cerrado (H=1,9487; E=0,7384). A prevalência geral de infecção por parasitas  
    intestinais nas 130 amostras coletadas de cães dos biomas foi de 57%. Entre os  
    helmintos os ancilostomídeos foram os mais prevalentes, seguido de Toxocara
    spp. Os protozoários mais prevalentes foram Blastocystis spp. seguido de  
    Giardia spp. e Entamoeba coli. A diversidade de espécies foi alta em todos os  
    biomas e não houve diferença estatística significativa entre as prevalências dos  
    biomas estudados. Conclusões: Através da meta-análise foi observada uma  
    alta prevalência de infecção por Blastocystis spp. e Entamoeba spp. na  
    população brasileira. Blastocystis spp. apresentou prevalências de até 40% nas  
    regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste. Entamoeba spp. com prevalências de até  
    50% nas regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste. Embora existam porcentagens  
    de prevalências contrastantes entre as diferentes regiões, existe uma ampla  
    10
    distribuição de Blastocystis spp. e Entamoeba spp. no Brasil, o que reflete os  
    problemas sanitários ainda existentes em todo país. Entre os animais, os  
    mamíferos exibiram as taxas de prevalência de Entamoeba spp. e Blastocystis
    spp. mais altas, e os animais domésticos de criação e os silvestres em cativeiro  
    são possivelmente os mais relacionados à transmissão desses protozoários  
    intestinais no Brasil. Nas análises coprológicas das amostras coletadas de  
    diferentes animais, domésticos de fazenda, pets (cães) e silvestres, nos três  
    biomas, foi observada uma alta prevalência e diversidade de enteroparasitas. A  
    análise de diversidade de espécies revelou a presença de 24 espécies de  
    parasitas, sendo Blastocystis spp. e o complexo Entamoeba histolytica os  
    protozoários mais prevalentes, e ancilostomídeos, Ascaris spp. e Toxocara spp.  
    os helmintos de maior prevalência. A semelhança de prevalências e diversidade  
    de espécies encontrada nos três biomas estudados pode ser explicada pelas  
    condições de temperatura e umidade, práticas de manejo nas propriedades  
    rurais e programas sanitários de controle de agentes infecciosos praticamente  
    iguais nos três municípios a que pertencem. A sobreposição de áreas contendo  
    animais silvestres e animais domésticos neste estudo aponta para o risco de  
    troca de parasitas entre as espécies. Nossos resultados evidenciam a  
    necessidade de maiores investigações e implantação de medidas de controle de  
    infecções enteroparasitárias de áreas rurais próximas a fragmentos de florestas,  
    pois os animais domésticos mantêm as infecções em ambientes domésticos e,  
    assim, podem ser responsáveis pela transmissão de diversos parasitas à  
    animais silvestres que vivem nas proximidades, bem como para os humanos, o  
    que significa que o risco de doenças em animais e zoonoses é alto nessas áreas.


  • Mostrar Abstract
  • “DIVERSIDADE E CARACTERIZAÇÃO MOLECULAR DE ENTEROPARASITAS EM DIFERENTES HOSPEDEIROS DOS BIOMAS MATO-GROSSENSES”

2
  • JOSIEL DORRIGUETTE DE OLIVEIRA
  • UNIDADES GEOAMBIENTAIS, USO E OCUPAÇÃO DA
    TERRA, COBERTURA PEDOLÓGICA E DINÂMICA
    FLUVIAL NA BACIA HIDROGRÁFICA DO RIO BRANCO,
    CONTRIBUINTE DO PANTANAL MATO-GROSSENSE

  • Orientador : CELIA ALVES DE SOUZA
  • Data: 23/06/2021

  • Mostrar Resumo
  • Estudar bacias hidrográficas permite compreender a relação existente entre os
    componentes ambientais (físico, biótico e antrópico) e a disponibilidade e
    funcionamento hídrico, sendo um instrumento necessário para a preservação,
    mitigação e gerenciamento dos recursos hídricos. O objetivo desta pesquisa foi
    verificar os impactos ambientais decorrentes do processo de ocupação, realizar
    a caracterização ambiental, analisar a dinâmica fluvial na bacia hidrográfica do
    rio Branco e compartimentar a bacia em unidades geoambientais. A
    metodologia consistiu em seis etapas, quais sejam: análise documental e
    bibliográfica; interpretação de mapas temáticos; visitas in loco; coleta de dados
    em campo; análise de laboratório e tabulação de dados. Com o intuito de
    compreender o processo de colonização, recorreu-se à análise de documentos
    e referencial bibliográfico; os impactos ambientais associados foram verificados
    em campo; a compartimentação geoambiental foi realizada tendo em primeiro
    plano a morfologia do relevo. Para realizar o mapeamento de solos, foi
    realizada a descrição morfológica de solos em 11 trincheiras e associação com
    13 perfis realizados por estudos anteriores; as variáveis hidrodinâmicas e o
    transporte de sedimentos foram verificados em 24 seções por um período de
    18 meses entre janeiro de 2018 e junho de 2019. Os mapas temáticos foram
    gerados com auxílio de imagens de satélite e dados secundários da SEPLAN e
    IBGE. As análises de sedimentos de fundo e de solos seguiram a metodologia
    proposta pela Embrapa (2017). Para obtenção da batimetria, usou-se
    ecobatímetro e, para medir a velocidade do fluxo, usou-se o molinete
    fluviométrico. A fim de coletar os sedimentos suspensos, usou-se a garrafa de
    Van Dorn e, aos sedimentos de fundo, utilizou-se a draga Van Veen. A
    ocupação na bacia iniciou-se a partir da década de 1960, trazendo consigo
    impactos associados, como a supressão de APPs, processos erosivos,
    assoreamento dos canais de drenagem, o lixo urbano e o esgotamento
    sanitário. No mapeamento de solos, foram definidas as seguintes coberturas
    pedológicas predominantes: Argissolo Vermelho-Amarelo Distrófico típico;
    Cambissolo Háplico Tb Distrófico léptico; Gleissolo Háplico Alumínico típico;
    Latossolo Vermelho Distrófico argissólico; Latossolo Vermelho-Amarelo
    Alumínico típico; Neossolo Litólico Distrófico fragmentário; Neossolo
    Quartzarênico Órtico típico; Neossolo Quartzarênico Órtico léptico; Nitossolo
    Vermelho Distroférrico típico; e Plintossolo Háplico Distrófico típico. A vazão na
    seção XXIV – que fica próxima ao exultório do rio Branco – variou entre
    4,28m3/s e 82,36m3/s, a carga sólida em suspensão ficou entre 14,51 e 715,52
    t/dia, a turbidez ficou entre 9,61 e 258 UTN, na composição granulométrica de sedimentos de fundo predominou a fração de areia fina. Foram definidas quatro
    Unidades Geoambientais (UG): a UG-I compreende o planalto; a UG-II
    corresponde às serras com declividades de até 20%; a UG-III abrange as áreas
    de serra onde a declividade é superior a 20% e a UG-IV abarca as áreas onde
    predomina a depressão e as planícies fluviais. O estudo permitiu compreender
    a interação e dinâmica ambiental, a espacialização, modo de uso e ocupação
    da terra e compreender como está estabelecida a rede de drenagem no
    contexto da bacia hidrográfica do rio Branco e como a interação do biótico e
    abiótico interfere na hidrodinâmica dos canais.


  • Mostrar Abstract
  • Studying hydrographic basins allows us to understand the relationship between the environmental components (physical, biotic and anthropic) and the availability and water functioning, being a necessary instrument for preservation, mitigation and management of water resources. The purpose of this research was verify the environmental impacts arising from the occupation process, carry out the environmental characterization, analyze the fluvial dynamics in the hydrographic basin of the Branco River and compartmentalize the basin into geoenvironmental units. THE methodology consisted of six steps, namely: document analysis and bibliographic; interpretation of thematic maps; on-site visits; data collect in the field; laboratory analysis and data tabulation. In order to understand the colonization process, we resorted to document analysis and bibliographic reference; the associated environmental impacts were verified in the field; the geoenvironmental compartmentation was carried out having in first plan the morphology of the relief. To carry out the soil mapping, it was performed the morphological description of soils in 11 trenches and association with 13 profiles performed by previous studies; the hydrodynamic variables and the sediment transport was verified in 24 sections over a period of 18 months between January 2018 and June 2019. The thematic maps were generated with the aid of satellite images and secondary SEPLAN data and IBGE. The analyzes of bottom and soil sediments followed the methodology proposed by Embrapa (2017). To obtain the bathymetry, we used echobathimeter and, to measure the flow velocity, the reel was used fluviometric. In order to collect the suspended sediment, the bottle of Van Dorn and, for bottom sediments, the Van Veen dredger was used. THE occupation in the basin began in the 1960s, bringing with it associated impacts, such as the suppression of APPs, erosive processes, siltation of drainage channels, urban waste and sewage Restroom. In the soil mapping, the following coverages were defined Predominant pedological: Typical Dystrophic Red-Yellow Argisol; Haplic Cambisol Tb Dystrophic leptic; Typical Aluminum Haplic Gleysol; Argissolic Red Dystrophic Latosol; Red-Yellow Latosol Typical aluminum; Fragmentary dystrophic Litholic Neosol; Neosol Typical Orthic Quartzarenic; Leptic Orthic Quartzrenic Neosol; Nitossoil Typical Dystroferric Red; and typical Dystrophic Haplic Plintosol. The flow in the section XXIV – which is close to the exultation of the Rio Branco – varied between 4.28m3/s and 82.36m3/s, the solid load in suspension was between 14.51 and 715.52 t/day, turbidity was between 9.61 and 258 UTN, in the granulometric composition of bottom sediments, the fine sand fraction predominated. Four were defined Geoenvironmental Units (UG): GU-I comprises the plateau; the UG-II corresponds to mountains with slopes of up to 20%; UG-III covers the areas of mountains where the slope is greater than 20% and the UG-IV covers the areas where depression and river plains predominate. The study allowed us to understand the interaction and environmental dynamics, spatialization, mode of use and occupation of land and understand how the drainage network is established in the context of the Branco river basin and how the interaction of the biotic and abiotic interferes with the hydrodynamics of the channels.
3
  • SONIA APARECIDA BEATO XIMENES DE MELO
  • POLÍTICA NACIONAL DE RESÍDUOS SÓLIDOS NO  
    ESTADO DE MATO GROSSO: INCLUSÃO  
    SOCIOPRODUTIVA DE CATADORES DE MATERIAIS  
    RECICLÁVEIS

  • Orientador : SANDRO BENEDITO SGUAREZI
  • Data: 24/06/2021

  • Mostrar Resumo
  • A tese objetiva analisar as contradições, os limites, os avanços e as  
    possibilidades da Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS/2010) e sua  
    interface com a inclusão socioprodutiva de Catadores de materiais recicláveis,  
    em municípios do estado de Mato Grosso. A partir da vigência do PNRS, Lei  
    Federal 12.305/2010, a implementação de políticas públicas e dos Planos de  
    Gestão Integrada de Resíduos Sólidos (PMGIRS) é de competência municipal.  
    O legislador atribuiu, em caráter prioritário, aos entes municipais, a contratação  
    de empreendimentos autogestionários de Catadores de materiais recicláveis,  
    formados por pessoas de baixa renda, para o sistema de coleta, processamento  
    e comercialização de resíduos sólidos recicláveis, visando à inclusão  
    socioprodutiva e à emancipação econômica desses trabalhadores. Este estudo  
    problematiza: Quais são as contradições, os limites, os avanços e as  
    possibilidades da PNRS/2010 na inclusão socioprodutiva de Catadores de  
    materiais recicláveis? Trata-se de uma pesquisa de abordagem qualitativa  
    descritiva; coleta de dados por meio da revisão bibliográfica e documental;  
    pesquisa de campo com entrevista em profundidade; e técnica de análise de  
    conteúdo. Evidenciou-se que a participação de Catadores de materiais  
    recicláveis no sistema de gestão integrada de resíduos sólidos contribui para a  
    redução de impactos ambientais e de desigualdades sociais. É viável  
    economicamente, visto que gera renda e empoderamento e promove a  
    satisfação das necessidades humanas. Apesar disso, existem limitações,  
    oriundas, em sua maioria, da falta de recursos destinados a investimentos nas  
    políticas de gestão integrada de resíduos sólidos. Isso ocorre, especialmente,
    para operar a coleta seletiva com a participação de Catadores, no que tange à
    estrutura, tanto dos municípios, quanto das associações e cooperativas.  
    Constatou-se a precariedade das instalações físicas, de recursos de capital, de  
    tecnologia e excessiva burocracia estatal na aplicação do marco legal. Os
    municípios com Catadores organizados têm maior possibilidade de implementar  
    a coleta seletiva. É fundamental que os PMGIRS definam: formas de prover  
    investimentos em educação ambiental junto à sociedade; desenvolvimento da  
    coleta seletiva e da reciclagem; e ações que contribuam para a qualificação  
    técnica e a formação política e educacional dos Catadores.


  • Mostrar Abstract
  • The thesis aims to analyze the contradictions, limits, advances and possibilities of the National Solid Waste Policy (PNRS/2010) and its interface with the socio-productive inclusion of recyclable material collectors, in municipalities in the state of Mato Grosso. From the validity of the PNRS, Law Federal 12.305/2010, the implementation of public policies and plans for Integrated Solid Waste Management (PMGIRS) is a municipal responsibility. The legislator assigned, as a priority, to municipal entities, the contracting of self-managed projects of recyclable material collectors, formed by low-income people, for the system of collection, processing and sale of recyclable solid waste, aiming at inclusion productive and economic emancipation of these workers. This study problematizes: What are the contradictions, the limits, the advances and the possibilities of the PNRS/2010 in the socio-productive inclusion of waste pickers recyclable materials? This is a qualitative approach research descriptive; data collection through bibliographic and documentary review; field research with in-depth interview; and analysis technique of contents. It was evident that the participation of material collectors recyclables in the integrated solid waste management system contributes to reduction of environmental impacts and social inequalities. It's viable economically, as it generates income and empowerment and promotes satisfaction of human needs. Despite that, there are limitations, arising, for the most part, from the lack of resources earmarked for investments in integrated solid waste management policies. This happens, especially, to operate selective collection with the participation of Waste Pickers, with regard to structure, both of the municipalities, as well as of the associations and cooperatives. The precariousness of physical facilities, capital resources, technology and excessive state bureaucracy in the application of the legal framework. You municipalities with organized waste pickers are more likely to implement selective collection. It is essential that the PMGIRS define: ways to provide investments in environmental education with society; development of selective collection and recycling; and actions that contribute to the qualification technical and political and educational training of Waste Pickers.

4
  • THIAGO FERNANDES
  • MATERIAL PARTICULADO EMITIDO EM QUEIMADAS,
    VARIÁVEIS METEOROLÓGICAS E O ADOECIMENTO
    RESPIRATÓRIO EM CRIANÇAS NO SUDESTE DA
    AMAZÔNIA PARAENSE

  • Data: 22/07/2021

  • Mostrar Resumo
  • FERNANDES, T. Material particulado emitido em queimadas, variáveis
    meteorológicas e o adoecimento respiratório em crianças no Sudeste da
    Amazônia Paraense. Tese (Doutorado em Ciências Ambientais) - CELBE - Centro de
    Pesquisa de Limnologia, Biodiversidade, Etnobiologia do Pantanal, Universidade do
    Estado de Mato Grosso Carlos Alberto Reyes Maldonado. Cáceres-MT, p. 254. 20211,2
    .
    Introdução: Poluentes atmosféricos de diâmetro menor que 2,5 µm desprendidos de
    queimadas e a variabilidade dos elementos meteorológicos são uma grande ameaça à
    saúde pública; além de convergirem de forma efetiva para ocorrência de internações
    hospitalares por Doenças do Aparelho Respiratórias (DAR), especialmente em grupos
    mais predisposto como o de crianças. Objetivo: Investigar possíveis relações entre o
    número de internações hospitalares por DAR em crianças menores de cinco anos e o
    MP2,5 e as variáveis meteorológicas, no período de 2010 a 2019, em 39 municípios que
    compõem a Mesorregião Sudeste do Pará. Método: Trata-se de um estudo descritivo
    com delineamento ecológico de séries temporais da associação entre as morbidades
    por DAR e material particulado fino (MP2,5) emitido em queimadas e atributos
    meteorológicos (precipitação, temperatura do ar e umidade relativa do ar). Os dados
    epidemiológicos de internações foram obtidos no Sistema de Informação Hospitalar do
    SUS (SIH/SUS), disponibilizados pelo Departamento de Estatística do SUS
    (DATASUS). E os dados de MP2,5 e meteorológicos, no banco de informações do
    Sistema de Informações Ambientais Integrado à Saúde Ambiental (SISAM) e do sistema
    Instituto Nacional de Meteorologia (INMET). Para a análise estatística dos dados, foi
    ajustado o modelo binomial negativo para estimar a relação entre as variáveis,
    pertencente à classe dos Modelos Lineares Generalizados. No entanto, um modelo
    misto foi implementado e ajustado para cada Região de Integração e municípios, usando
    uma distribuição binomial negativa, adotando-se um nível de significância de 1%, com
    base na plataforma estatística R. Resultados: Entre 2010 a 2019, foram registradas
    50.750 internações hospitalares por doenças respiratórias, e mais da metade dos casos
    atendidos (56%) foi do gênero masculino. O ano de 2010 exibiu 13,8% do total geral de
    internações. Houve maior frequência de internações no período chuvoso (novembro a
    maio) correspondendo a 62% dos casos totais registrados. A temperatura do ar (β3=-
    0,0143) e a umidade relativa do ar (β4=0,0049) foram as únicas variáveis explicativas
    que expuseram relações com os casos de internações. Contudo, apenas a umidade
    exibiu relação estatisticamente positiva, indicando aumento dos casos de internações
    por doenças respiratórias em função do aumento da umidade. Estima-se que o número
    médio de casos de internações por doenças respiratórias aumenta aproximadamente
    4% para cada aumento de 10% no valor da umidade relativa média, e diminui
    aproximadamente 2% a cada grau Celsius de aumento acima da temperatura média do
    ar. Conclusão: Períodos mais chuvosos podem propiciar o aumento da umidade,
    favorecendo a proliferação fúngica. Este é o primeiro estudo realizado para uma das
    mesorregiões do estado do Pará. Por isso, avaliar o risco de internações hospitalares
    por doenças respiratórias para o grupo populacional mais predisposto em razão da
    variabilidade dos elementos meteorológicos é um passo importante para o planejamento
    e implementação de ações que vão ao encontro de um melhor bem-viver subjetivo. Os
    gestores da saúde pública podem utilizar o modelo de predição aferido para preparar os
    serviços de saúde para receber crianças nessa faixa etária com essa morbidade.


  • Mostrar Abstract
  • FERNANDES, T. Particulate material emitted in fires, variables
    meteorological events and respiratory illness in children in Southeastern Brazil.
    Pará Amazon. Thesis (Doctorate in Environmental Sciences) - CELBE - Center for
    Research in Limnology, Biodiversity, Pantanal Ethnobiology, University of
    State of Mato Grosso Carlos Alberto Reyes Maldonado. Cáceres-MT, p. 254. 20211.2
    .
    Introduction: Atmospheric pollutants with a diameter smaller than 2.5 µm given off from
    fires and the variability of meteorological elements are a major threat to
    public health; in addition to effectively converging for the occurrence of hospitalizations
    Hospitals for Respiratory System Diseases (RDD), especially in groups
    more predisposed like that of children. Objective: Investigate possible relationships between the
    number of hospital admissions for RSD in children under five years of age and the
    PM2.5 and meteorological variables, in the period from 2010 to 2019, in 39 municipalities that
    make up the Southeastern Mesoregion of Pará. Method: This is a descriptive study
    with an ecological time-series design of the association between the morbidities
    by DAR and fine particulate material (PM2.5) emitted in fires and attributes
    meteorological (precipitation, air temperature and relative humidity). The data
    epidemiological reports of admissions were obtained from the Hospital Information System of the
    SUS (SIH/SUS), made available by the SUS Department of Statistics
    (DATASUS). And the MP2.5 and meteorological data, in the information bank of the
    Environmental Information System Integrated to Environmental Health (SISAM) and the system
    National Institute of Meteorology (INMET). For the statistical analysis of the data, it was
    adjusted the negative binomial model to estimate the relationship between the variables,
    belonging to the class of Generalized Linear Models. However, a model
    mixed was implemented and adjusted for each Integration Region and municipalities, using
    a negative binomial distribution, adopting a significance level of 1%, with
    based on the R statistical platform. Results: Between 2010 and 2019, were recorded
    50,750 hospital admissions for respiratory diseases, and more than half of the cases
    attended (56%) were male. The year 2010 exhibited 13.8% of the grand total of
    hospitalizations. There was a higher frequency of hospitalizations in the rainy season (November to
    May) corresponding to 62% of the total registered cases. The air temperature (β3=-
    0.0143) and the relative humidity of the air (β4=0.0049) were the only explanatory variables
    who exposed relationships with the cases of hospitalizations. However, only the moisture
    exhibited a statistically positive relationship, indicating an increase in cases of hospitalization
    by respiratory diseases due to increased humidity. It is estimated that the number
    average of cases of hospitalizations for respiratory diseases increases approximately
    4% for every 10% increase in the mean relative humidity value, and decreases
    approximately 2% for every degree Celsius increase above the average temperature of the
    air. Conclusion: Wetter periods can lead to increased humidity,
    favoring fungal proliferation. This is the first study carried out for one of the
    mesoregions of the state of Pará. Therefore, to assess the risk of hospital admissions
    by respiratory diseases for the most predisposed population group due to
    variability of meteorological elements is an important step for planning
    and implementation of actions that go towards a better subjective well-being. You
    public health managers can use the benchmarked prediction model to prepare the
    health services to receive children in this age group with this morbidity.

5
  • MARISA REGINA KOHLER
  • IMPLICAÇÕES E RISCOS À SUSTENTABILIDADE DO ABASTECIMENTO HÍDRICO
    URBANO NA AMAZÔNIA NORTE MATO-GROSSENSE

  • Orientador : AUMERI CARLOS BAMPI
  • Data: 10/12/2021

  • Mostrar Resumo
  • O Brasil enfrenta uma inquestionável crise hídrica, manifesta com contundência no  
    abastecimento urbano, que incorpora em sua totalidade as diversas formas de vida.  
    Para investigar as causas, é pertinente compreender as relações históricas do  
    homem com a natureza, entender que a água é parte de um conjunto de bens  
    naturais pertencentes a todos os seres vivos. Parte do território brasileiro
    recentemente incorporado à economia capitalista, a Amazônia brasileira passou por  
    uma integração competitiva do bioma como fronteira de recursos no sistema de  
    produção de commodities minerais e agropecuárias dos mercados globais, com  
    profundas alterações socioambientais. Atualmente, as consequências desse  
    processo expansionista econômico (apropriação, destruição e mercantilização do  
    território-ambiente) ameaçam a sustentabilidade, em especial a água, no que tange  
    a um elemento vital ao bioma (fauna, flora), povos nativos e também ao  
    abastecimento de populações urbanas. Diversos municípios da Amazônia norte  
    mato-grossense já vivenciam crises hídricas recorrentes nos últimos anos, situação  
    um tanto contraditória, pois a região encontra-se na bacia hidrográfica amazônica  
    formada por uma vasta quantidade de nascentes e rios, onde a exuberância hídrica  
    era evidente. A tese em tela apresenta o questionamento: Que grau de  
    sustentabilidade possui o abastecimento urbano nos municípios da Amazônia norte  
    mato-grossense, constituídos no processo de fronteira agrícola pós 1970, em  
    relação à gestão, disponibilidade e qualidade da água, diante do contexto de  
    contínua degradação ocasionada pelos processos de crescimento das atividades  
    econômicas e da expansão produtiva e urbana sobre os sistemas ecológicos, que  
    dão suporte aos recursos hídricos, às microbacias responsáveis pelo abastecimento  
    urbano? A pesquisa teve como objetivo geral investigar as implicações e os riscos à  
    sustentabilidade, ocasionados pelas atividades econômicas (em especial a pecuária  
    bovina) no entorno das áreas de captação de água para o abastecimento urbano  
    nos municípios de Alta Floresta, Nova Canaã do Norte e Colíder, em Mato Grosso.  
    Para problematizar a construção histórica e conceitual e expor seus aspectos  
    contraditórios e conflituosos, optou-se por subsidiar-se no materialismo histórico e  
    dialético. Uma interpretação com abordagem qualitativa e procedimentos  
    metodológicos diversos foram utilizados: a revisão bibliográfica de cunho históricosocial, levantamento de dados de desmatamento e da produção pecuária bovina dos  
    estados que compõem a Amazônia Legal, através de pesquisas intensivas nos sites  
    governamentais (IBGE, MMA, ANA, INPE, IBAMA, SEMA/MT, IMEA, PRODES,  
    MapBiomas e diversos outros). Foi realizada pesquisa de campo com visitas aos  
    órgãos públicos (Prefeituras, Secretarias Municipais de Meio Ambiente,  
    Departamentos de Água, concessionárias de abastecimento) para obter informações  
    referentes a questões institucionais, sobre a execução de ações para o  
    enfrentamento da problemática ambiental e conservação dos mananciais e segurança hídrica. Parcerias com instituto Centro e Vida para elaboração dos dados  
    referentes à preservação ou degradação das Áreas de Preservação Permanente no  
    entorno dos rios e nascentes, fonte de água para o abastecimento urbano nos  
    municípios elencados na pesquisa.


  • Mostrar Abstract
  • Tipos de tradução

    Tradução de textos

     
     
     

    Texto de origem

     
     
     
    1685 / 5000
     
     

    Resultados de tradução

    Water must be considered as a common good that belongs to all human beings and all species existing on the planet. So, you can't deny access to safe drinking water for human consumption under penalty of violate the essential, fundamental and universal human right that determines the survival of people. The right to access water must be addressed with due importance and relevance by all and especially by the State. THE the northern region of Mato Grosso underwent changes in the configuration of its territory motivated by the expansion of the capitalist agricultural frontier. O agribusiness established itself in the most diverse areas of the region, a fact that made the State of Mato Grosso the largest grain producer in the country. This process propitiated population growth in cities, intensifying exploitation of water bodies to meet the demand for urban supply, a factor that affects the capture and distribution of water resources, compromising the rivers, streams, among others that form the hydrographic basins and sub-basins that supply the underground reservoirs. Against the backdrop of intense modification of biomes and degradations caused by the process of economic growth, there may be a decrease in the potential of sustainability regarding the urban water supply in the cities of the agribusiness. The study that is presented may support the understanding about the conflicting relationship between the development model implemented by the agribusiness (livestock and grain) and its implications and risks in issues concerning the possibilities of urban water deficit in the macro-regions to be researched. Searched
6
  • RAFAELLA FERREIRA NERES DE QUEIROZ
  • AVES DO CORREDOR ECOLÓGICO DO RIO PARAGUAI NO PANTANAL: O QUE OCORREU EM 10 ANOS?

  • Orientador : JOSUE RIBEIRO DA SILVA NUNES
  • Data: 21/12/2021

  • Mostrar Resumo
  • O Pantanal mato-grossense ocupa uma área de aproximadamente  
    138.183Km², entre os Estados de Mato Grosso e Mato Grosso do Sul (Da Silva  
    & Abdon, 1998). Localiza-se na porção central da América do Sul, extremo  
    Norte da Bacia Platina (Da Silva, 1990). Destaca-se por fazer parte do maior  
    complexo de áreas úmidas do mundo, com relevância para toda a Bacia do  
    Alto Paraguai.
    É a maior área úmida do país, reconhecido internacionalmente como  
    Patrimônio da Humanidade e Reserva da Biosfera, pelo Programa  
    Intergovernamental - O Homem e a Biosfera (MAB) da UNESCO, e também  
    como Sítio Ramsar (Da Silva et al., 2001; Ab’Sáber, 2007).
    Sistemas alagáveis como o Pantanal, que recebem fluxos anuais de  
    água e nutrientes, estão entre os mais produtivos, em função da estabilidade  
    de pulso, representada pela flutuação do nível da água (Westalake, 1963).  
    Para Olson et al. (1998), sua conservação e estado de prioridade de interesse  
    global e de alta prioridade para a conservação em escala regional.  
    A riqueza de espécies e abundância de aves aquáticas em áreas como  
    esta, é um dos critérios empregados pela Convenção Ramsar para considerá-
    las como relevantes para conservação da biodiversidade (Ramsar, 2009).
    Os autores Tubelis & Tomas (2003), compararam a riqueza de espécies  
    de aves das áreas úmidas do Pantanal, com as da China e da África, e  
    concluíram que o Pantanal é o sítio de maior diversidade de aves de áreas  
    inundáveis do planeta. Salientam que o conhecimento sobre a avifauna do  
    Pantanal necessita de pesquisas e coletas e informações biológicas  
    sistematizadas. Tendo em vista que, as aves são essenciais quando se discute  
    estratégias para a conservação da biodiversidade (Alves & Silva, 2000; Birdlife  
    International, 2004).  
    Evidência Brown Jr. (1986), que as inundações sazonais influenciam  
    fortemente a distribuição da fauna no Pantanal. Em função da diversidade de  
    habitat aquáticos que o Pantanal proporciona e das características fisiológicas  
    e comportamentais das aves aquáticas, estas encontram neste sistema as  
    condições favoráveis para sua alimentação, reprodução e nidificação. Os  
    deslocamentos de aves nessas áreas também podem ser influenciados por  
    14
    fatores, como disponibilidade de presas (Lunardi et al., 2012), competição (Vahl  
    et al., 2005), alterações nos níveis d’água (Alves et al., 2012) e etc.
    Considerando o exposto, esta pesquisa integra o projeto “Corredor  
    Ecológico, Econômico e Cultural do Rio Paraguai - Core”, e busca  
    compreender a dinâmica das aves em um intervalo temporal de 10 anos. O  
    estudo teve sua primeira amostragem feita pelo professor Dr. Josué Ribeiro da  
    Silva Nunes, em 2008/2009, sendo replicada em 2018/2019. Para contemplar  
    este objetivo a tese está apresentada em 3 capítulos, com 3 seções, em que  
    cada capítulo corresponde a um objetivo específico.
    Capítulo 1 - ALTERAÇÕES NA ESTRUTURA DAS COMUNIDADES DE  
    AVES AQUÁTICAS, EM 10 ANOS, NO CORREDOR ECOLÓGICO DO RIO  
    PARAGUAI, PANTANAL DE MATO GROSSO, BRASIL. Esse capítulo tem o  
    objetivo de avaliar a estrutura da comunidade de aves do rio Paraguai, por  
    meio dos descritores riqueza, abundância, índice de diversidade e equabilidade  
    em um em intervalo de 10 anos, 2008/9-2018/19 considerando os períodos dos  
    ciclos hidrológicos, enchente, cheia, vazante e estiagem e macrohabitats  
    amostrados.
    Capítulo 2 - A INFLUÊNCIA DOS SETORES FUNCIONAIS SOBRE A  
    DISTRIBUIÇÃO DAS GUILDAS TRÓFICAS DE AVES NO RIO PARAGUAI,  
    PANTANAL, BRASIL. Esse capítulo objetiva verificar a composição de guildas  
    tróficas de aves no rio Paraguai, avaliando se os setores funcionais exercem  
    influência sobre a distribuição, riqueza e abundância das guildas no rio  
    Paraguai, Pantanal Norte, Brasil.  
    Capítulo 3 - FRAGILIDADE AMBIENTAL, AO ENTORNO DO RIO  
    PARAGUAI - MT, ENTRE A CIDADE DE CÁCERES E À FAZENDA  
    DESCALVADOS EM UM INTERVALO TEMPORAL DE 10 ANOS. O objetivo  
    deste capítulo foi analisar a fragilidade ambiental dos macroabtats amostrados,  
    na extensão da cidade de Cáceres a Fazenda Descalvados, município de  
    Cáceres– Mato Grosso, descrevendo as variáveis que representam riscos de  
    degradação ambiental.


  • Mostrar Abstract
  • AVES DO CORREDOR ECOLÓGICO DO RIO PARAGUAI NO PANTANAL: O QUE OCORREU EM 10 ANOS?

2020
Teses
1
  • GERLANE DE MEDEIROS COSTA
  • CONCENTRAÇÃO DE THg EM ÓRGÃOS DE Megaceryle torquata E Chloroceryle  
    amazona NOS RIOS JURUENA, TELES PIRES E PARAGUAI NO ESTADO DE  
    MATO GROSSO

  • Orientador : MANOEL DOS SANTOS FILHO
  • Data: 26/11/2020

  • Mostrar Resumo
  • O uso indiscriminado e o aumento na liberação de mercúrio (Hg) para o ambiente tornou este  
    metal um problema global, estando entre as três principais substâncias que representam perigo  
    para a saúde do ambiente. De origem natural e antropogênica o Hg possui várias formas físicas  
    e químicas que facilitam sua distribuição, enriquecimento biológico e toxicidade. A crescente  
    expansão agrícola, com desmatamentos e queimadas, coloca em risco a integridade do solo e  
    promove a liberação e reemissão do Hg para a atmosfera com sequente deposição em solos e  
    corpos de água, onde pode sofrer metilação e adiquirir sua forma orgânica, o metilmercúrio  
    (MeHg). Com potencial de bioacumular e biomagnificar na cadeia trófica, o MeHg chega às  
    aves aquáticas, predadores de topo da cadeia alimentar aquática. Pesquisas em todo o mundo  
    vêm utilizando esta guilda de aves para estudar a dinâmica e os efeitos deste metal na saúde  
    ambiental. Com a hipótese de que a ranfoteca pode demonstrar níveis de concentração de THg  
    (Mercúrio Total) acumulado por períodos mais longos de tempo que os órgãos usualmente  
    utilizados, comparamos suas concentrações com as concentrações de Hg em penas de uma  
    espécie de gaivota europeia (Larus michahellis) e com penas, garras, músculo e fígado de duas  
    espécies de aves neotropicais (Megaceryle torquata e Chloroceryle amazona). Com o objetivo  
    de compreender a dinâmica do THg frente às mudanças no uso e ocupação do solo, analisamos  
    as concentrações de THg nos órgãos de duas espécies de martim-pescador, Megaceryle  
    torquata e Chloroceryle amazona, nos rios Juruena, Teles Pires e Paraguai, com leitura nas  
    mudanças que ocorreram na paisagem dos últimos 20 anos. Os resultados obtidos mostraram  
    que a ranfoteca é uma eficiente ferramenta para a análise da contaminação ambiental por Hg  
    em aves aquáticas. As concentrações de THg nos órgãos de M. torquata, em ordem decrescente,  
    foram, ranfoteca (3,00 µg/g) > penas (2,95 µg/g) > garras (2,22 µg/g) > fígado (1,21 µg/g) >  
    músculo (0,70 µg/g) e para C. amazona, penas (2,27µg/g) > ranfoteca (1,92 µg/g) > garras (1,42  
    µg/g) > fígado (0,47 µg/g) > músculo (0,46 µg/g). A espécie que melhor expressou as  
    concentrações do metal foi a C. amazona. A área do Pantanal apresentou os menores níveis de  
    THg no solo e comportamento de distribuição inverso aos solos das áreas Amazônicas, onde, o  
    rio Teles Pires com maior taxa de desmatamento expressou os maiores níveis de THg no solo e  
    na água e os menores no sedimento. Não houve correlação forte entre os níveis de THg dos  
    órgãos das aves e as variáveis abióticas (solo, sedimento e água), o que sugere que os níveis de  
    Hg que estarão biodisponíveis para a cadeia trófica estão relacionados a fatores físico-químicos  
    do ambiente.  


  • Mostrar Abstract
  • The indiscriminate use and the increase in the release of mercury (Hg) to the environment has made this metal a global problem, being among the top three substances that pose a danger for the health of the environment. Of natural and anthropogenic origin, Hg has several physical forms. and chemicals that facilitate their distribution, biological enrichment and toxicity. the growing agricultural expansion, with deforestation and fires, endangers the integrity of the soil and promotes the release and re-emission of Hg to the atmosphere with subsequent deposition in soils and bodies of water, where it can undergo methylation and acquire its organic form, methylmercury (MeHg). With the potential to bioaccumulate and biomagnify in the trophic chain, MeHg reaches the waterfowl, top predators of the aquatic food chain. Searches around the world have been using this bird guild to study the dynamics and effects of this metal on health environmental. With the hypothesis that rmphotheca may demonstrate THg concentration levels (Total Mercury) accumulated over longer periods of time than organs usually used, we compared their concentrations with the concentrations of Hg in feathers from a species of European gull (Larus michahellis) and with two feathers, claws, muscle and liver Neotropical bird species (Megaceryle torquata and Chloroceryle amazon). With the objective to understand the dynamics of THg in the face of changes in land use and occupation, we analyzed THg concentrations in the organs of two species of kingfisher, Megaceryle torquata and Chloroceryle amazona, in the Juruena, Teles Pires and Paraguai rivers, with reading in the changes that have occurred in the landscape of the last 20 years. The results obtained showed that the rmphotheca is an efficient tool for the analysis of environmental contamination by Hg in water birds. The concentrations of THg in the organs of M. torquata, in descending order, were, rhamphotheca (3.00 µg/g) > feathers (2.95 µg/g) > claws (2.22 µg/g) > liver (1.21 µg/g) > muscle (0.70 µg/g) and for C. amazon, feathers (2.27 µg/g) > rmphotheca (1.92 µg/g) > claws (1.42 µg/g) > liver (0.47 µg/g) > muscle (0.46 µg/g). The species that best expressed the metal concentrations was C. amazon. The Pantanal area showed the lowest levels of THg in soil and inverse distribution behavior to soils in Amazonian areas, where, the Teles Pires river with the highest deforestation rate expressed the highest levels of THg in the soil and in the water and the smallest in the sediment. There was no strong correlation between the THg levels of the bird organs and abiotic variables (soil, sediment and water), which suggests that levels of Hg that will be bioavailable for the trophic chain are related to physical-chemical factors of the environment.

2
  • DJAIR SERGIO DE FREITAS JUNIOR
  • ANÁLISE DE REDES SOCIAIS NO CONSELHO  ESTADUAL DA PESCA (CEPESCA) E DO ECOTURISMO  NO PARQUE ESTADUAL ENCONTRO DAS ÁGUAS NO  
    PANTANAL MATO-GROSSENSE, BRASIL

  • Orientador : CAROLINA JOANA DA SILVA
  • Data: 30/12/2020

  • Mostrar Resumo
  • A natureza é capaz de proporcionar inúmeros benefícios às pessoas através dos  
    serviços ecossistêmicos que proporciona. A atividade pesqueira e o ecoturismo  
    podem desempenhar papéis importantes nesse contexto, na medida em que  
    aliam sustentabilidade, conservação e aporte econômico, principalmente para as  
    populações locais. Um dos objetivos da pesquisa científica é disponibilizar dados  
    aos tomadores de decisão para que a legislação possa ser aprimorada a fim de  
    beneficiar o maior número de pessoas. O objetivo geral desta tese foi
    caracterizar as interações dos grupos sociais dentro do CEPESCA e o  
    ecoturismo no Parque Estadual Encontro das Águas, no Pantanal. Os resultados  
    encontrados no CEPESCA identificaram e categorizaram cinco setores:  
    Governo, Negócios do turismo, Pescadores Profissionais, NGOs e Academia. O  
    Governo teve o maior número de instituições envolvidas no processo  
    participativo, seguido pelos setores de turismo, pescadores, ONGs e academia.  
    As análises sugerem a implementação de processos de aprendizagem social, e  
    a inserção de grupos marginalizados, como os indígenas de forma a melhorar o  
    equilíbrio de poder dos stakeholders. Já o PEEA se mostrou um fator de  
    desenvolvimento econômico para a região, com uma média de gastos dos
    visitantes de US$ 693.00 por dia, com o impacto econômico estimado dessa  
    visitação variando entre US$ 4.8 a US$ 13,5 milhões por ano. Os principais  
    motivos das visitas foram para observar a vida selvagem em geral (27%) e para  
    a observação de onças-pintadas (26%). Há o que precisa ser melhorado, e a  
    infraestrutura que abriga os turistas foi o ponto mais citado, entretanto a viagem  
    ao PEEA deixou 100% dos visitantes satisfeitos, demonstrando que a  
    biodiversidade local consegue sobrepor os problemas enfrentados por eles em  
    outras questões.


  • Mostrar Abstract
  • Nature is capable of providing countless benefits to people through ecosystem services it provides. Fishing activity and ecotourism can play important roles in this context, as they combine sustainability, conservation and economic support, mainly for the local populations. One of the goals of scientific research is to make data available decision makers so that legislation can be improved in order to benefit the greatest number of people. The general objective of this thesis was characterize the interactions of social groups within CEPESCA and the ecotourism at the Encontro das Águas State Park, in the Pantanal. The results found in CEPESCA identified and categorized five sectors: Government, Tourism Businesses, Professional Fishermen, NGOs and Academia. THE Government had the largest number of institutions involved in the process participatory, followed by tourism, fishermen, NGOs and academia. The analyzes suggest the implementation of social learning processes, and the inclusion of marginalized groups, such as indigenous people, in order to improve the stakeholder balance of power. The PEEA, on the other hand, proved to be a factor of economic development for the region, with an average spending by visitors of US$ 693.00 per day, with the estimated economic impact of this visitation ranging from US$4.8 to US$13.5 million per year. The main reasons for visits were to observe wildlife in general (27%) and to the observation of jaguars (26%). There is what needs to be improved, and the infrastructure that houses tourists was the most cited point, however the trip to PEEA left 100% of the visitors satisfied, demonstrating that the local biodiversity manages to overlap the problems faced by them in other questions.

SIGAA | Tecnologia da Informação da Unemat - TIU - (65) 3221-0000 | Copyright © 2006-2022 - UNEMAT - sig-application-01.applications.sig.oraclevcn.com.srv1inst1