Projeto Político Pedagógico

O domínio dos conteúdos, tomado isoladamente, não é o único fator que precisa ser avaliado em uma formação docente, pois há habilidades e capacidades relacionadas ao aporte didático-pedagógico com o qual poderá oferecer ao egresso condições para mediar seu conhecimento em sala de aula e para construir um espaço dinâmico de interação e de interlocução com os alunos. Dessa forma, disciplinas voltadas à formação docente são extremamente relevantes para equilibrar o processo de formação do licenciado em Letras. Além disso, faz parte deste processo de formação desenvolver capacidades relacionadas às competências associadas à prática da investigação dos recursos expressivos da linguagem. O Curso de Licenciatura em Letras busca, assim, atender ao perfil do licenciado em Letras que visa a: formação de profissionais da educação, interculturalmente competentes, capazes de lidar, de forma crítica, com as linguagens, especialmente a verbal, nos contextos oral e escrito, e conscientes de sua inserção na sociedade e das relações com o outro. Deve ter domínio da língua portuguesa e estrangeira e das literaturas, com relação as suas estruturas, funcionamento e manifestações culturais, além de ter consciência das variedades lingüísticas e culturais. Deve ser capaz de refletir teoricamente sobre a linguagem, de fazer uso de novas tecnologias e de compreender sua formação profissional como processo contínuo, autônomo e permanente. A pesquisa e a extensão, além do ensino, devem articular-se neste processo. O profissional deve, ainda, ter capacidade de reflexão crítica sobre temas e questões relativas aos conhecimentos linguísticos e literários (Diretrizes Curriculares Nacionais, Parecer CNE/CES 492/2001, homologado pela Resolução CNE/CES 18, de 13/03/2002). Balizado pelos parâmetros que regem os princípios do ensino universitário, o Curso de Licenciatura em Letras desenvolve ações conjuntas no Ensino, Pesquisa e Extensão. Assim, espera-se que o egresso do curso seja capaz de ser um mediador seguro dos processos de ensino-aprendizagem relacionados à língua, e que também seja um profissional zeloso pela tradição literária e interessado em fenômenos linguísticos; espera-se ainda que saiba lidar em seu cotidiano com as diferenças linguísticas e culturais

O Curso de Licenciatura em Letras confere Habilitação em Língua e Literaturas de Língua Portuguesa e Língua Espanhola ou Habilitação em Língua e Literaturas de Língua Portuguesa e Língua Inglesa. O egresso do curso está habilitado para atuar na docência das séries finais do Ensino Fundamental e em todas as séries ESTADO DE MATO GROSSO SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA UNIVERSIDADE DO ESTADO DE MATO GROSSO CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO Resolução nº 018/2018 – AD REFERENDUM DO CONEPE Página 6 de 61 do Ensino Médio, ministrando aulas de Língua Portuguesa, Literaturas de Língua Portuguesa e aulas de Espanhol ou Inglês, conforme sua habilitação. A versatilidade das habilitações amplia as chances de inserção no mercado de trabalho ligado ao ensino que, desde que a Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional – Lei nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996 obriga o ensino de uma língua estrangeira. Além da docência, o profissional de Letras também pode atuar em outras atividades como revisão de meios impressos (jornais, revistas, livros, blogs e outros), assessoria cultural, produção de resenhas jornalísticas na seção de cultura, pesquisador em diversas áreas ligadas às manifestações socioculturais, tanto na área da Língua/Linguística, quanto na área da Literatura. A progressão dos estudos em um programa de Pós-Graduação pode encaminhar esse profissional para a docência no Ensino Superior.

O egresso do Curso de Licenciatura em Letras com Habilitação em Língua e Literaturas de Língua Portuguesa e Língua Espanhola ou com Habilitação em Língua e Literaturas de Língua Portuguesa e Língua Inglesa deve, ao final do curso:  Específicas:  Compreender a Língua Inglesa ou Língua Espanhola como expressão sociocultural de vários povos.  Dominar as quatro habilidades linguísticas – ouvir, falar, ler, escrever – para o desenvolvimento da prática do ensino em nível fundamental e médio.  Reconhecer a Língua Inglesa ou Língua Espanhola como meio de comunicação entre comunidades linguísticas distintas.  Descrever e justificar as peculiaridades fonológicas, morfológicas, sintáticas e semânticas da Língua Inglesa ou Língua Espanhola.  Conhecer as obras literárias mais importantes em Língua Inglesa ou em Língua Espanhola.  Dominar os conteúdos básicos que fazem parte do processo ensino-aprendizagem de língua materna e língua estrangeira no Ensino Fundamental e Médio.  Dominar concepções metodológicas e técnicas pedagógicas que permitam à docência em diferentes níveis de ensino. Ao longo do exercício do magistério, essas habilidades e capacidades se aprimoram visto que grande parte do processo ensino-aprendizagem só pode ser pleno quando vivenciado de fato e em constante interação com as teorias. A dialética do ensino se faz, então, por meio de um agir consciente e pró-ativo

Nenhum conteúdo disponível até o momento Nenhum conteúdo disponível até o momento Nenhum conteúdo disponível até o momento Baixar Arquivo
SIGAA | Tecnologia da Informação da Unemat - TIU - (65) 3221-0000 | Copyright © 2006-2022 - UNEMAT - sig-application-01.applications.sig.oraclevcn.com.srv1inst1