Banca de QUALIFICAÇÃO: HEITOR ANTONIO DA SILVA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : HEITOR ANTONIO DA SILVA
DATA : 22/11/2021
HORA: 08:00
LOCAL: Videoconferência
TÍTULO:
USO DE MARCADORES MOLECULARES PARA VALIDAÇÃO DE REGIIÕES GENÔMICAS LIGADAS AO GENES DE RESISTÊNCIA AO MOFO BRANCO EM FEIJÃO COMUM E AVALIAÇÃO DE GENÓTIPOS DE FEIJÃO COMUM
VISANDO A IDENTIFICAÇÃO DE REGIÕES GENÔMICAS RESPONSÁVEL PELA RESISTÊNCIA AO ESTRESSE HÍDRICO

PALAVRAS-CHAVES:

Marcadores moleculares; Phaseolus vulgaris L.; estresse hídrico


PÁGINAS: 7
RESUMO:
O feijão comum (Phaseolus vulgaris L.) é uma leguminosa com dois centros de origem, um pool gênico originário da América Central, denominado Mesoamericano e outro pool gênico originado dos andes na América do Sul, denominado Andino, descritos por Debouck e Hidalgo (1986). É um alimento muito difundido em vários continentes do mundo, sendo muito consumido em todo território do Brasil, principalmente junto ao arroz. O feijão comum possui baixo custo, tornando-o uma fonte de proteínas acessível para o consumo diário, com aproximadamente 25% de proteína, além de ferro e outros nutrientes, por este motivo tornou-se um alimento indispensável na mesa do brasileiro. 
A alta produtividade do feijão comum atualmente é devida principalmente aos avanços do melhoramento genético, aumentando a produtividade e reduzindo as perdas por fatores abióticos, como o estresse hídrico, e bióticos, como pragas e doenças. O feijão comum não possui tolerância elevada ao estresse hídrico, dessa forma a escolha de genótipos com resistência para compor o germoplasma visando o melhoramento genético é de suma importância para o desenvolvimento de cultivares que aliam a produtividade a resistência ao estresse hídrico.

MEMBROS DA BANCA:
Interno - 131995001 - CELICE ALEXANDRE SILVA
Notícia cadastrada em: 21/10/2021 10:44
SIGAA | Tecnologia da Informação da Unemat - TIU - (65) 3221-0000 | Copyright © 2006-2022 - UNEMAT - sig-application-01.applications.sig.oraclevcn.com.srv1inst1