Banca de QUALIFICAÇÃO: OTONIEL NACIMENTO DE SOUZA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : OTONIEL NACIMENTO DE SOUZA
DATA : 12/05/2022
HORA: 09:30
LOCAL: Remoto
TÍTULO:

 

DIAGNÓSTICO AMBIENTAL DE DUAS SUB-BACIAS URBANAS DO MUNICÍPIO DE JUÍNA-MATO GROSSO: MÉTODO VERAH


PALAVRAS-CHAVES:

Palavras-chave:Diagnóstico ambiental. Método VERAH. Sub-bacias urbanas.


PÁGINAS: 148
RESUMO:

RESUMO: A urbanização desordenada em áreas de sub-bacias urbanas tem resultado em impactos ambientais altamente preocupantes, colocando em risco os recursos naturais existentes dessas áreas. A presente pesquisa tevepor objetivo realizar o diagnóstico ambiental de duas sub-bacias urbanas do município de Juína-MT,a partir dos temas que compõem o Método VERAH (Vegetação, Erosão, Resíduos, Água e Assoreamento eHabitação). A pesquisa foi realizada compreendendo cinco etapas. Primeira etapa: realizou-se o levantamento de materiais bibliográficos e cartográficos e visitas aos órgãos ambientais em busca de informações. Segunda etapa: análisee aprovação do projeto pelo Conselho de Ética e Pesquisa – CEP, delimitação da área de estudo, confecção de mapas eprimeira visita a campo. Terceira etapa: levantamento a campo a partir dos temas que compõem o método VERAH. Quarta etapa: análise da percepção ambiental dos moradores por meio da aplicação de questionários.Quinta etapa: análise comparativa dos resultados entre as duas sub-bacias estudadas.Os resultados do diagnóstico ambiental das duas sub-bacias mostram os principais impactos ambientais relacionados aos temas do VERAH, as saber: Vegetação: ausência da mata ciliar em vários pontos, ocupação de áreas de preservação permanentes – APP’s e vegetação exótica (pastagem) em áreas de APP’s. Erosão: foram identificados vários processos erosivos como sulcos ravinas e voçorocas. As erosões mais consideráveis (tipo voçorocas) localizam-se no alto curso da sub-bacia do Córrego Nativo e no médio curso da sub-bacia do Córrego das Garças. Resíduos sólidos: os principais tipos resíduos encontrados foram domésticos, entulho de construção civil e resíduos perigosos (eletroeletrônico e embalagem e agrotóxico).Este último encontrado apenas na sub-bacia do Córrego Nativo. Água e assoreamento: possível comprometimento da qualidade da água, sedimentos em suspensão, assoreamento de nascentes e do curso d’água. Habitação: ocupação irregular de áreas de APP’s, ausência de rede de esgoto e casas inacabadas. A maioria da população residente nas duas sub-bacias é consciente dos problemas ambientais decorrentes da ação antrópicas, entretanto, nenhuma ação considerável vem sendo realizada com vistas à diminuição da degradação ambiental.

 

 

 

 


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 113239002 - JOAQUIM CORREA RIBEIRO
Interno - 104796003 - EVALDO FERREIRA
Externo à Instituição - FERNANDO XIMENES DE TAVARES SALOMÃO - UFMT
Notícia cadastrada em: 26/04/2022 19:01
SIGAA | Tecnologia da Informação da Unemat - TIU - (65) 3221-0000 | Copyright © 2006-2022 - UNEMAT - sig-application-02.applications.sig.oraclevcn.com.srv2inst1